27 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024
27 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024

Viver com US$ 50/dia no Hawaii. E agora?


Se faltar grana, dá sempre para dormir na encosta de Waimea – mas não é muito aconselhável. Foto: Jeff Dias

Por Steven Allain

Nos dias atuais, o custo de vida nos EUA é bem menor do que no Brasil. De bens a serviços, praticamente tudo custa menos na terra do Tio Sam. Mesmo assim, por lá você não vive com qualquer merreca. Por isso, se a grana está curta e você quer ir ao Hawaii atrás das bombas, aqui vai uma série de dicas para você gastar até US$ 50 por dia em sua estadia no North Shore.

O maior custo no Hawaii sempre fica com a acomodação. Como o North Shore é um lugar pequeno e de estrutura limitada, não há hotéis ou pousadas baratas disponíveis. Para gastar pouco, o melhor é ficar no albergue de Waimea ou alugar um quarto na casa de algum residente. As opções mais baratas ficam entre US$ 20 e US$ 40 por dia.

O melhor para economizar o restante da grana é sempre comer em casa. Faça suas compras no Costco, uma espécie de supermercado-cooperativa, onde tudo é superbarato, e apenas sócios são permitidos – ou seja, você precisa ir com algum local que já tenha a carteirinha. Para comer fora, existe a Ted’s Bakery – única padoca do North Shore – ou alguns pratos prontos no supermercado Foodland. A dica é esperar até depois das 20 horas para comprar o rango – tudo que está próximo da data de expiração fica mais barato nesse horário.

Para se locomover o melhor é uma bike. Com US$ 30 você arruma uma velha com algum local. Mas, se você é roots mesmo, caminhe ou pegue carona – não há muitas subidas e os rolês são pitorescos.

Se ainda assim faltar grana, você pode vender suas pranchas (última opção, afinal, de que adianta estar no Hawaii sem prancha?) ou arrumar um bico nas fazendas de abacaxi, criações de porco ou lavando louça num restaurante da capital Waikiki, a 35 minutos de distância.

De um jeito ou de outro, não deixe a falta de grana te impedir de pegar as ondas mais pesadas do mundo – tem muita gente que já o fez com menos que 50 doletas por dia…

Resumindo

– A melhor maneira de economizar na hospedagem é alugar um quarto na casa de um residente ou ficar no albergue de Waimea. As diárias custam de US$ 20 a US$ 40.

– Para matar a larica, espere passar d as 20h e faça o mercado no Foodland ou no Costco – neste, você precisa ir com um residente-sócio. Se quiser rangar fora, a pedida é a padoca Ted’s Bakery.

– Compre uma bike velha de algum local, por até US$ 30. Mas, caso não tenha grana, a solução é caminhar ou pegar carona.

– Se a grana acabar, procure bicos em fazendas de abacaxi, criações de porco ou de lavador de louça em restaurantes. Caso contrário, só restará vender suas pranchas.

Se Liga
História de Cinema
No filme Surf no Hawaii, o protagonista Rick Kane tem todos os seus pertences e a sua grana roubados em seu 1º dia nas ilhas. Daí para a frente, é obrigado a se virar no North Shore sem grana.

*Esta reportagem foi publicada na edição 279, de dezembro.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias