27 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024
27 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024

Destaques da Tríplice Coroa

Por Kevin Assunção

Os melhores surfistas profissionais competiram em Haleiwa, Sunset Beach e Banzai Pipeline em onze dias durante o período de 15 de novembro a 14 de dezembro. Saiba quais foram os destaques da 30ª edição do Triple Crown of Surfing.

O campeão


SeaBass comemora a maior conquista da carreira. Foto: ASP/Dunbar

No dia 23 de novembro, Sebastian Zietz comemorava a conquista da primeira joia havaiana, o Reef Hawaiian Pro, em Haleiwa. Ele mostrou nesta etapa precisão na escolha das ondas – o que manteve nos outros dois eventos -, que o levaria a ser o oitavo havaiano campeão da Tríplice Coroa.

Na decisão, séries com ondas de qualidade demoraram 25 minutos para aparecer. Neste início, SeaBass pegou as duas ondas boas do confronto e somou 14.66 pontos.

Alejo Muniz estava na água, mas foi John John quem ameaçou a conquista de Zietz, com aéreos e rasgadas que o colocaram na liderança.

Mas SeaBass logo aplicou mais manobras potentes e garantiu a maior vitória da carreira até então. De quebra, classificou-se para o WCT 2013.

Sebastian também chegou à final da etapa seguinte, o Vans World Cup of Surfing. Ele ficou em terceiro, atrás de Adam Melling e Gabriel Medina.

Em 13 de dezembro, logo após passar pelo Round 2, Zietz viu Adam Melling ser eliminado por Miguel Pupo.

Melling era o único concorrente ao título da Tríplice Coroa Havaiana, e precisava vencer o Pipe Masters para conquistá-la.

Após sagrar-se campeão, ele comemorou com a família e, minutos depois, passou por John John nas oitavas de final. SeaBass parou nas quartas, em condições complicadas, contra Damien Hobgood.

Zietz faturou US$ 100 mil de prêmio, uma moto Harley Davidson no valor de US$ 30 mil e um relógio Nixon que custa US$ 10 mil.

A vez de Parko


Parko é o melhor do mundo após doze anos e quatro vices. Foto: ASP/Cestari

O Billabong Pipe Masters foi histórico para o surf. Com ombro e pescoço machucados após uma vaca no Round 4, Josh Kerr eliminou Kelly Slater na semifinal, e Joel Parkinson pôde comemorar o primeiro título mundial.

Com 31 anos, Joel já havia sido o segundo melhor do mundo por quatro vezes. Em 2012, ele liderava o Circuito Mundial sem vencer etapas, mas com resultados bastante sólidos.

A decisão australiana em Pipeline aconteceu meia hora depois. Kerrzy apostou nas esquerdas de Pipe, e Parko pelas direitas de Backdoor. Kerrzy somou 14.83 e Parko, 17.17.

Pela primeira vez, Joel, que é tricampeão da Tríplice Coroa, conquistou o Pipe Masters. Pela primeira vez em doze anos, ele conquistou o mundo.

Medina em segundo


Gabriel impressionou nos tubos de Pipeline. Foto: ASP/Kirstin

O Brasil foi bem representado em Haleiwa por Alejo Muniz, que chegou à final e ficou em quarto lugar. Mas Alejo, que ficou em quarto no Triple Crown, caiu na semifinal em Sunset Beach, e um novo destaque tupiniquim surgiria.

Gabriel Medina, ainda com 18 anos, foi o brasileiro melhor colocado na história da Tríplice Coroa Havaiana. Com o nono lugar em Pipeline, ele se tornou vice-campeão, com 8.900 pontos contra 14.350 de Zietz.

O ápice de Medina nas três etapas consistiu na polêmica decisão do Vans World Cup of Surfing, em Sunset Beach, do qual Adam Melling foi campeão.

No final da bateria, o brasileiro entubou de backside e finalizou com cutback e rasgada. A nota só saiu após o término da bateria: 8.17. Antes, Melling havia tirado 9.33 por três rasgadas bem executadas.

Alguns contestaram a nota do australiano, dizendo que foi supervalorizada. Outros acreditam que a onda de Medina valeria mais, porque ficou deep no tubo e ainda manobrou.

Durante o campeonato, os juízes valorizaram mais as sequências de manobras, como a nota 10 de Billy Kemper, que conectou quatro pancadas de frontside, e a sequência de Jay Thompson, que valeu 9.73 por três manobras fortes.

O premiado


John John ficou em terceiro no Triple Crown. Foto: ASP/Kirstin

Com 20 anos, John Florence escreveu seu nome na história novamente. Desta vez, o havaiano foi o rookie mais bem colocado na história do WCT.

John John ficou em quarto lugar no Tour, com 44.350 pontos contra 47 mil do terceiro colocado, Mick Fanning, e 42.350 do quinto, Adriano de Souza.

Mick detinha a marca de melhor novato da elite. Em 2002, o aussie ficou em 5º lugar.

Florence conquistou o Billabong Rio Pro e chegou às semifinais no Tahiti e na França. Por uma decolagem na final no Rio de Janeiro, contra Joel Parkinson, o havaiano recebeu o prêmio Nixon WTA de Maior Aéreo da temporada.

O melhor duelo


Wildcard, Dorian deu aula de entubar em Backdoor a cada bateria disputada. Foto: ASP/Cestari

Bons amigos, Kelly Slater e Shane Dorian remavam ao lineup de Banzai Pipelina para travar a bateria mais marcante do Triple Crown. Válido pelas quartas do Pipe Masters, Slater venceu o confronto com 18.73 contra 18.20 do havaiano.

Os surfistas dominaram com maestria os salões cilíndricos de Backdoor. Logo nos 10 primeiros minutos, Slater já cravara notas 8.73 e 10. Shane dava aulas de como entubar deep, por muito tempo e facilitar saídas difíceis do tubo.

Assista à bateria aqui

A aposentadoria


Knox não se encontrou na última bateria na elite, contra Billy Kemper. Foto: ASP/Cestari
 

Com 41 anos, Taylor Knox competiu no Pipe Masters a última bateria da carreira. O americano foi eliminado no Round 2 por Billy Kemper.

Depois de encerrada a bateria, T Knox foi carregado do mar ao palanque por Kelly Slater, Mick Fanning e Rob Machado. Taylor integrou o Circuito Mundial por duas décadas.

Em 1996, ele conquistou a única etapa do WCT da carreira, o Rio Surf Pro, no Rio de Janeiro. Ele também faturou outras 7 etapas do WQS.

O anti-tour


Dane em uma das manobras mais insanas da temporada. Foto: ASP/Cestari

Desde a "Declaração de Independência", em dezembro de 2011, Dane Reynolds compete algumas etapas da ASP, como as que correu na Califórnia, França e Hawaii.

Dane se diz despreocupado com os resultados e não deixa de arriscar em manobras inovadores, como fez no Reef Hawaiian Pro.

No Round 2, ele dropou uma direita que fechava e executou uma manobra na junção, uma espécie de layback rodando.

Os juízes deram 7.33 pontos pela manobra, muito contestada pelos espectadores, como Shane Dorian, locutor do evento, que disse: "Eu não sei se os juízes estão assistindo o que estou assistindo".

Assista à manobra aqui

Dane voltou a impressionar no Pipe Masters. Contra Adriano de Souza, ele tirou a primeira nota 10 do campeonato, após ficar o máximo possível em um tubo de Backdoor.

Sangue de competidor


Sunny foi o melhor dos mitos em 2012. Foto: ASP/Kirstin

Sunny Garcia conquistou o Clash of the Legends, campeonato que acontece em duas baterias decisivas durante o Reef Hawaiian Pro. O havaiano foi melhor que Tom Curren, Mark Occhilupo e Kaipo Jaquias.

Sunny venceu a primeira, jogando muita água nas manobras de frontside e até entubando, com 15.33 somados. No dia seguinte, ficou em quarto na bateria, com 12.57.

Na soma dos resultados, sagrou-se campeão com 27.90 pontos contra 26.46 de Jaquias, 26.28 de Occy e 25.23 de Curren – que venceu o segundo confronto.

Outra marca do hexacampeão da Tríplice Coroa aconteceu na semifinal de Haleiwa. A 5 minutos do fim, ele disputou uma onda na remada com Freddy Patacchia, que dropou primeiro.

Quando Freddy P. voltou ao lineup, a discussão começou. Sunny chegou a chutar água na cara do local de Haleiwa.

O desentendimento continuou na areia, quando Freddy P. foi para cima de Sunny, mas contido por um homem na areia.

Top 6 do Vans Triple Crown of Surfing
1. Sebastian Zietz (HAW) – 14.350 pontos
2. Gabriel Medina – 8.900 pts
3. John Florence (HAW) – 8.700 pts
4. Alejo Muniz – 8.400 pts
    Adam Melling (AUS)
6. Kelly Slater (USA) – 7.050 pts

Finalistas do Reef Hawaiian Pro
1. Sebastian Zietz (HAW)
2. John Florence (HAW)
3. Fredrick Patacchia (HAW)
4. Alejo Muniz

Finalistas do Vans World Cup of Surfing
1. Adam Melling (AUS)
2. Gabriel Medina
3. Sebastian Zietz (HAW)
4. Adrian Buchan (AUS)

Finalistas do Billabong Pipe Masters
1. Joel Parkinson (AUS)
2. Josh Kerr (AUS) 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias