28 C
Papeete
sexta-feira, 19 julho, 2024
28 C
Papeete
sexta-feira, 19 julho, 2024

Reef Hawaiian Pro: Dia 2

Por Kevin Assunção

Ondas de até oito pés com melhor formação ao longo do dia marcaram esta sexta-feira (16) de Reef Hawaiian Pro. Após a conclusão dos rounds 1 e 2, Alex Ribeiro, Filipe Toledo, Jessé Mendes, Wiggolly Dantas e Willian Cardoso estão classificados para a terceira fase.

Por estarem no WCT, Ajelo Muniz, Heitor Alves, Gabriel Medina, Jadson André e Miguel Pupo estreiam na etapa Prime apenas no Round 3, que acontecerá provavelmente neste sábado (17).

O primeiro brasileiro a passar pelo Round 2 foi Jessé. O guarujaense ficou em segundo lugar, atrás do francês Marc Lacomare. Já Peterson Crisanto não encontrou boas ondas e se despediu da competição.

Jessé escolheu duas ondas que não abriram muito, mas conquistou notas intermediárias (6 e 5.17) por manobras de backside bem executadas. No Round 3, ele enfrentará Kelly Slater e os havaianos Sunny Garcia e Alex Smith.

Já Willian Cardoso venceu na segunda fase, em confronto que teve Thiago Camarão eliminado. Com boa seleção de ondas, Panda construiu uma somatória sólida, de 13.33 pontos.

Na primeira onda, o catarinense desferiu de seis manobras com pressão (7.33). Instantes depois, sacramentou o resultado com três batidas bem conectadas, que renderam 6 pontos.

Alex Ribeiro entrou na água na sequência, e garantiu a segunda colocação da bateria dominada por Mason Ho, que cravou a maior somatória até agora, 15.53. Logo no início, executou três boas rasgadas e concluiu com uma batida (5.00).

O paulista só pegou outra onda a 7 minutos do final. Com bastante velocidade, manteve-se na competição ao ligar três boas batidas de backside (7.33). Agora ele divide o lineup no Round 3 com Willian Cardoso, Adrian Buchan e Dusty Payne.

Filipe Toledo, já classificado para o WCT 2013, executou duas boas sequências de manobras, para garantir o segundo lugar. Ricardo dos Santos só encontrou uma onda boa, que valeu 5 pontos, e foi eliminado da etapa.

Wiggolly Dantas foi o melhor na última bateria do dia, contra os havaianos Joshua Moniz e Ezekiel Lau, e o americano Evan Geiselman.

Nos últimos 12 minutos, Guigui pegou uma onda grande, passou a primeira seção, abriu com um floater e terminou com uma batida, para receber a melhor nota dos 30 minutos, 8.67. No final, executou uma forte batida de backside e assumiu a liderança com 13.54 pontos somados.

Além dos brasileiros já citados, Caio Ibelli, Flávio Nakagima e Jano Belo também foram eliminados.

Primeiro 10 e manobra do dia


Dane Reynolds, na melhor manobra do dia. Foto: ASP/Cestari

Após um drop difícil, em que desceu a onda deitado na prancha, o havaiano Torrey Meister saiu de duas seções tubulares – na primeira ficou deep. O resultado foi a primeira nota perfeita do campeonato. No entanto, Meister não encontrou outra onda boa e ficou em terceiro lugar.

Já a manobra do dia foi de ninguém menos que Dane Reynolds. O americano, vencedor da décima bateria do Round 2, executou uma única manobra na junção, que valeu contestáveis 7.33 pontos. Detalhe informado pelos locutores: os juízes não têm acesso aos replays em câmera lenta. Difícil de explicar, veja o layback de Dane no link.

Mitos no lineup


Sunny saiu na frente na disputa pelo Clash of Legends. Foto: ASP/Cestari

Sunny Garcia, Tom Curren, Mark Occhilupo e Kaipo Jaquias entraram no mar por volta das 13h locais, para disputar a primeira bateria do Clash of the Legends. A formação das ondas ainda estava melhorando, e a experiência no pico fez com que Garcia escolhesse as duas melhores.

No típico estilo agressivo, o campeão mundial de 2000 abriu jogando muita água em uma rasgada e finalizou com um curto tubo (7.33). Depois, na última direita que pegou, a 3 minutos do fim, executou outras duas manobras no crítico, que valeram 8 pontos.

Com pancadas de backside, Occy ficou em segundo, com 10.44 pontos somados. As ondas não abriram para Kaipo e Curren, que ficaram em terceiro e quarto, respectivamente.


Apesar de ficar em último, Curren mostrou que seu estilo continua o mesmo. Foto: ASP/Cestari

As ondas diminuem um pouco para o terceiro dia de Reef Hawaiian Pro, e a próxima chamada está marcada para este sábado (17), às 15h30, no horário de Brasília. Acompanhe ao vivo aqui

Confira os confrontos do Round 3 e as baterias que aconteceram nesta sexta-feira de Reef Hawaiian Pro.

Round 3
#1 Julian Wilson (AUS); Sebastien Zietz (HAW); Aritz Aranburu (EUK); Gony Zubizarreta (ESP)
#2 Kai Otton (AUS); Kolohe Andino (USA); Fredrick Patacchia (HAW); Mark Occhilupo (AUS)
#3 Travis Logie (ZAF); Tiago Pires (PRT); Nat Young (USA); Alain Riou (PYF)
#4 Jeremy Flores (FRA); Glenn Hall (IRL); Dege O’Connell (HAW); Tanner Hendrickson (HAW)
#5 Michel Bourez (PYF); Adam Melling (AUS); Romain Cloitre (FRA); Cory Lopez (USA)
#6 CJ Hobgood (USA); Patrick Gudauskas (USA); Hank Gaskell (HAW); Gabe Kling (USA)
#7 Matt Wilkinson (AUS); Brett Simpson (USA); Marc Lacomare (FRA); Charles Martin (GLP)
#8 Kelly Slater (USA); Sunny Garcia (HAW); Alex Smith (HAW); Jessé Mendes
#9 John Florence (HAW); Dylan Goodale (HAW); Tom Whitaker (AUS); Koa Smith (HAW)
#10 Damien Hobgood (USA); Heitor Alves; Dane Reynolds (USA); Nathan Hedge (AUS)
#11 Adrian Buchan (AUS); Dusty Payne (HAW); Willian Cardoso; Alex Ribeiro
#12 Alejo Muniz; Taylor Knox (USA); Mason Ho (HAW); Kekoa Bakalso (HAW)
#13 Josh Kerr (AUS); Jadson André; Filipe Toledo; Keanu Asing (HAW)
#14 Bede Durbidge (AUS); Yadin Nicol (AUS); Gavin Gillette (HAW); Olamana Eleogram (HAW)
#15 Miguel Pupo; Kieren Perrow (AUS); Perth Standlick (AUS); Ezekiel Lau (HAW)
#16 Gabriel Medina; Luke Davis (USA); Wiggolly Dantas; Evan Valiere (HAW)

Round 2
#1 Aritz Aranburu (EUK) 10.40; Mark Occhilupo (AUS) 7.00; Shaun Joubert (ZAF) 5.73; Granger Larsen (HAW) 4.93
#2 Fredrick Patacchia (HAW) 15.26; Gony Zubizarreta (ESP) 15.10; Torrey Meister (HAW) 13.60; Jay Thompson (AUS) 8.67
#3 Nat Young (USA) 14.00; Tanner Hendrickson (HAW) 8.37; Stu Kennedy (AUS) 8.26; Jamie O’Brien (HAW) 7.23
#4 Dege O’Connell (HAW) 13.53; Alain Riou (PYF) 10.10; Jack Freestone (AUS) 8.60; Joan Duru (FRA) 7.40
#5 Romain Cloitre (FRA) 11.00; Gabe Kling (USA) 10.24; Billy Kemper (HAW) 9.93; Lincoln Taylor (AUS) 9.43
#6 Hank Gaskell (HAW) 11.76; Cory Lopez (USA) 8.97; Jean da Silva 5.00; Matt Banting (AUS) 2.00
#7 Marc Lacomare (FRA) 12.03; Jessé Mendes 11.17; Nathan Yeomans (USA) 8.20; Peterson Crisanto 3.63
#8 Alex Smith (HAW) 13.50; Charles Martin (GLP) 9.50; Hizunomê Bettero 8.43; Davey Cathels (AUS) 2.84
#9 Tom Whitaker (AUS) 15.34; Nathan Hedge (AUS) 13.63; Tanner Gudauskas (USA) 12.83; Dion Atkinson (AUS) 12.67
#10 Dane Reynolds (USA) 10.56; Koa Smith (HAW) 10.00; Nathaniel Curran (USA) 6.60; Maxime Huscenot (FRA) 4.13
#11 Willian Cardoso 13.33; Kekoa Bacalso (HAW) 11.83; Garrett Parkes (AUS) 8.80; Thiago Camarão 3.76
#12 Mason Ho (HAW) 14.33; Alex Ribeiro 12.33; Billy Stairmand (NZL) 9.83; Mitchel Coleborn (AUS) 9.77
#13 Keanu Asing (HAW) 9.50; Olamana Eleogram (HAW) 8.324; Adrien Toyon (FRA) 7.53; Kevin Sullivan (HAW) 3.26
#14 Gavin Gillette (HAW) 12.43; Filipe Toledo 11.83; Ricardo dos Santos 5.27; Nathan Florence (HAW) 3.26
#15 Perth Standlick (AUS) 12.07; Evan Valiere (HAW) 10.60; Brian Toth (PRI) 7.94; Mitch Crews (AUS) 6.14
#16 Wiggolly Dantas 13.54; Ezekiel Lau (HAW) 11.43; Joshua Moniz (HAW) 9.67; Evan Geiselman (USA) 8.37

Round 1
#1 Shaun Joubert (ZAF) 10.83; Torrey Meister (HAW) 10.17; Makai McNamara (HAW) 7.17; Eala Stewart (HAW) 5.17
#2 Gony Zubizarreta (ESP) 13.26; Aritz Aranburu (EUK) 11.50; Kiron Jabour (HAW) 9.03; Derek Ho (HAW) 5.77
#3 Stu Kennedy (AUS) 12.10; Dege O’Connell (HAW) 8.80; Gregg Nakamura (HAW) 4.54; Dale Staples (ZAF) 4.27
#4 Alain Riou (PYF) 12.60; Tanner Hendrickson (HAW) 11.93; Nic Muscroft (AUS) 10.93; Kaimana Jaquias (HAW) 10.60
#5 Billy Kemper (HAW) 11.20; Cory Lopez (USA) 10.33; Ian Gentil (HAW) 8.90; Blake Thornton (AUS) 6.73
#6 Hank Gaskell (HAW) 14.76; Lincoln Taylor (AUS) 10.27; Marcus Hickman (HAW) 7.50; Kai Barger (HAW) 5.73
#7 Marc Lacomare (FRA) 13.37; Davey Cathels (AUS) 11.50; Heath Joske (AUS) 8.50; Myles Padaca (HAW) 6.37
#8 Alex Smith (HAW) 8.07; Peterson Crisanto 7.50; Tim Reyes (USA) 7.10; Joel Centeio (HAW) 1.53
#9 Nathan Hedge (AUS) 13.63; Koa Smith (HAW) 12.43; Jano Belo 12.24; Roy Powers (HAW) 11.20
#10 Maxime Huscenot (FRA) 13.57; Tom Whitaker (AUS) 11.93; Flavio Nakagima 11.57; Pancho Sullivan (HAW) 4.50
#11 Garrett Parkes (AUS) 13.10; Billy Stairmand (NZL) 11.93; Ian Walsh (HAW) 11.57; Nic Von Rupp (DEU) 9.00
#12 Mason Ho (HAW) 15.53; Kekoa Bacalso (HAW) 10.67; Ramzi Boukhiam (MAR) 7.70; Flynn Novak (HAW) 5.73
#13 Adrien Toyon (FRA) 9.57; Gavin Gillette (HAW) 7.40; Hodei Collazo (EUK) 6.93; Koa Rothman (HAW) 5.57
#14 Ricardo dos Santos 11.84; Kevin Sullivan (HAW) 11.10; Cory Arrambide (USA) 8.26; Chris Foster (HAW) 1.43
#15 Mitch Crews (AUS) 13.27; Joshua Moniz (HAW) 12.90; Gabriel Villaran (PER) 12.20; Caio Ibelli 11.40
#16 Ezekiel Lau (HAW) 12.73; Evan Valiere (HAW) 11.50; Michael Dunphy (USA) 7.06; Shane Beschen (HAW) 6.80

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias