28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Nike Lowers Pro: segundo dia


Tomas Hermes manteve o ritmo e é, até agora, o único brasileiro no Round 3 do Nike Lowers Pro. Foto: divulgação

Por Fernando Maluf

Em ondas mexidas e séries mais demoradas, foram disputadas as dez baterias remanescentes do round 1 e os seis primeiros duelos do round 2 em Lower Trestles. Na primeira bateria do dia, caíram na água dois surfistas cheios de expectativas por suas respectivas torcidas. O brasileiro Filipe Toledo, então uma das promessas do evento, não encontrou as ondas para mostrar o que sabe e terminou em último lugar, eliminado junto com o top do WT Kai Otton. Classificou-se em segundo o aussie Mitch Crews.

O confronto foi vencido por Dane Reynolds. De férias do seu freesurf, o local de Ventura passou em primeiro e cravou uma das melhores apresentações do dia com um surf explosivo e radical. Dane só não teve a melhor pontuação do dia porque o tahitiano Michel Bourez estava numa tarde muito inspirada. Com seu tradicional powersurf, Michel fez o melhor somatório combinado e a melhor nota do dia em Lowers.

Trio brazuca se classifica

Duas baterias depois Heitor Alves honrou a bandeira verde e amarela. Com uma das melhores apresentações do dia, o cearense avançou na primeira posição contra o local Conner Coffin, o aussie Nic Muscroft e o tahitiano Alain Rioun. Outro nordestino, Jano Belo, também garantiu vaga no round 2 ao bater o top do WT Yadin Nicol e o havaiano Roy Powers, que também já fez parte da elite. O vencedor do duelo foi o australiano Dan Ross.

Alejo Muniz entrou na água duas baterias depois e classificou-se com direito a momentos de tensão. Alejo defendia a segunda posição e viu Brian Toth e Shaun Joubert, ambos então atrás dele, surfarem boas ondas poucos segundos antes de soar a buzina. Alejo esperou as notas na areia e, aliviado, ouviu dos juízes que estava classificado ao round 2.

Além de Filipe Toledo, foram eliminados no primeiro round Willian Cardoso e Wiggolly Dantas, este na bateria em que o legend Mark Occhiluppo classificou-se com a segundo posição.

Campeão Brasileiro no Round 3

Estreando o Round 2, entrou na água o campeão brasileiro Tomas Hermes. O catarinense não decepcionou e, com um surf veloz e preciso, garantiu vaga na próxima rodada com a segunda posição.

Na última bateria do dia, Raoni Monteiro foi eliminado na última posição. Com dificuldade em achar as ondas boas, Raoni esperou quase metade da bateria para marcar seus primeiros pontos. Classificaram-se nesse duelo os yankees Cory Lopez, primeiro, e Tanner Gudauskas, segundo.

O paulista Gabriel Medina inaugura o Nike Lowers Pro amanhã, a partir do meio dia, horário de Brasília, com a bateria número sete do Round 2. Acompanhe ao vivo aqui.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias