28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Céu e inferno em Pipeline


Por Redação HC

O Volcom Pipe Pro teve ontem seu terceiro dia de competição realizado em condições épicas. Com algumas das maiores ondas já vistas em dias de competição na bancada, surfistas alternaram momentos de extrema habilidade, surfando com categoria tubos gigantes e ondas dificílimas, com alguns de simples luta pela sobrevivência. A chamada no site do evento, com 10 a 12 pés havaianos, pode ser ilusória: algumas ondas tinham facilmente 20 pés de face.

Ricardo dos Santos foi o único brasileiro a avançar para as oitavas de final, passando em segundo lugar na bateria vencida por Jamie O’Brien e deixando pra trás os havaianos Joel Centeio e Gavin Gillette. Franklin Serpa, Sidney Guimarães e Krystian Kymerson tiveram mais dificuldades nas condições extremas de Pipeline, mas, mesmo sem avançar em suas baterias, completaram drops difíceis e se jogaram em bombas de respeito.

Os destaques do dia foram Bruce Irons, autor do maior somatório com 17,07 pontos; o novaiorquino Balaram Stack, que arrancou uma nota 10 e deixou pra trás os locais Kalani Chapman, Granger Larsen e Tonino Benson; Dusty Payne, eliminado em sua bateria com 10 pontos somados em sua única onda surfada (um tubo grotesco para Backdoor); o surfista de Porto Rico Dylan Graves, também autor de um 10 num tubaço para Pipeline;  e também Gabe Kling, Ian Walsh, Carlos Muñoz, Nate Yeomans e Mason Ho, todos com notas na casa dos 9 pontos. 

Confira acima o vídeo com os melhores momentos do terceiro dia e veja as fotos abaixo. O campeonato deve recomeçar hoje, com chamada programada para as 15h30 (horário de Brasília). Acompanhe ao vivo pelo VolcomPipePro.com e confira o melhor do show em Pipeline aqui no site da HC.


Até os mais experientes se assustaram com o tamanho e força das ondas. Pancho Sullivan, boquiaberto em Pipeline. Foto: Brent Bielmann.


Alex Gray (EUA) não tirou notas muito altas, mas se jogou sem medo e está nas oitavas. Foto: Brian Bielmann.


Anthony Walsh (AUS) não se classificou, mas pelo menos nos rendeu essa imagem. Repare na onda espumando no segundo reef. Coisa de louco. Foto: Brian Bielmann.


Balaram Stack, nota 10. Foto: Brian Bielmann.


Bruce Irons, domando a fera com categoria. Foto: Brent Bielmann.


Carlos Muñoz, da Costa Rica, com certeza um dos destaques do evento até agora. Foto Brian Bielmann.


Flynn Novak na boca da caverna. Foto Brent Bielmann.


Billy Kemper (HAW) prestes a ser devorado. Foto Brian Bielmann.


Makai McNamara (HAW). Foto: Brent Bielmann.


Tanner Gudauskas buscando o tubo. Foto: Brian Bielmann.


Tanner G., por outro ângulo. Foto: Brent Bielmann.


Kai Barger, a um segundo do êxtase. Foto: Brent Bielmann.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias