Fotos Daniel Smorigo

Num evento que tinha tudo pra terminar com festa dos atletas da casa, os americanos Kolohe Andino e Tanner Gudauskas superaram a torcida local e as difíceis condições em Itamambuca para fazer uma final yankee. Halley Batista e Wiggolly Dantas vinham bem nas marolinhas mexidas de 3 pés, mas foram parados nas semifinais. O astraliano MItch Crews representou sozinho seu país no último dia, terminando com uma boa quinta colocação. Também ficaram em quinto os brazucas Alex Ribeiro, Thiago Camarão e Tomas Hermes.

Com esses resultados, Kolohe, em 34º, e Tanner, 38º, se aproximam do grupo dos 32 surfistas que vai correr o WT após a temporada 2011. Camarão também ganhou importantes pontos e, na 43ª posição, segue firme na briga por uma vaga na elite do surf mundial.


Kolohe Andino hospedou-se na casa de Wiggolly Dantas durante o evento. Os ares de Ubatuba parecem ter feito bem ao americano, que saiu de lá campeão.


Tanner Gudauskas faz bela apresentação em Itamambuca e entra de vez na briga por vaga no WT.


Halley Batista representou muito bem a bandeira nordestina, tirando a maior nota do último dia e terminando com um ótimo terceiro lugar.


Wiggolly Dantas, local de Ubatuba, era o favorito nas ondas de Itamambuca e por pouco não fez a final com seu amigo Kolohe Andino.