Publicidade:

Odirlei é campeão

Por Kevin Assunção

O ubatubense Odirlei Coutinho manteve seu surf de alta perfomance e derrotou o paulista Flávio Nakagima em ondas mexidas de até dois metros, para conquistar a terceira etapa do Brasil Surf Pro 2011, em Itamambuca, neste domingo, 25. O triunfo lhe rendeu a quarta colocação no ranking, com 1.680 pontos.

Conhecer bem a onda foi crucial para a vitória. Durante a final, Odirlei posicionou-se no canto direito, enquanto seu adversário buscava as ondas mais para o meio da praia. “Eu vi que a série era de direita, então fiquei mais no fundo e peguei duas ondas boas”. O campeão superou o somatório de Nakagima (17.20) e emplacou 17.33, obtendo a maior pontuação entre os homens.

No caminho para o título, depois de passar por Tânio Barreto, Coutinho bateu Wiggolly Dantas. Ele virou a bateria com um aéreo 360° na segunda bateria que só teve o sangue de Ubatuba. Quem acompanhava o duelo pensou que ele não voltaria da manobra, porque uma onda no inside o encobria a visão de quem estava no palanque. “Nem eu acreditei que completei a manobra. Segurei no bico e consegui!”, comenta Odirlei, que recebeu a ligação de seus pais enquanto falava com os jornalistas.

Guigui havia eliminado Hizunomê nas quartas-de-final. Logo na primeira onda, Hizu, que não deu entrevista após a bateria, cometeu interferência, o que diminuiu sua segunda maior nota em 50%. Messias Félix venceu o líder do campeonato Tomas Hermes, que, apesar de abrir a bateria com 8.17, esperou no outside por uma onda mais aberta, que não apareceu. Enquanto isso, Messias optou pelo inside e espancou uma onda para os dois lados. Dropou para a esquerda e mudou a direção após uma batida. Pela direita, jogou muita água em uma rasgada, seguida de uma batida e fechou com um aéreo reverse. Resultado: 7.40 para combinar com um 5.77 e assumir a ponta da bateria.

Já entre as mulheres, Diana Cristina continua soberana. Tininha eliminou a carioca Gabriela Teixeira na semifinal e, logo em seguida, a convidada ao evento Cláudia Gonçalves, que havia derrotado a vice-líder Juliana Quint com uma rasgada forte na última onda da bateria, que rendeu 5.93 – dez décimos a mais do que precisava. A paraibana surfou a melhor onda (9.60) e foi a que mais somou no evento (17.37), além de se isolar na liderança com 2.860 pontos.
 

Até então, a próxima etapa será na Joaquina, em Florianópolis, nos dias 2 a 6 de novembro. Nesta semana, a direção do evento decidirá o local, que pode ser transferido para o Guarujá, São Paulo.

Confira os resultados de hoje e os Top 5 do BSP após a etapa de Itamambuca:

Quartas – Masculino

Odirlei Coutinho (SP) 15,67 x 11,00 Tanio Barreto (AL)

Wiggolly Dantas (SP)  11,00 x 7,25 Hizunome Bettero (SP)

Messias Felix (CE) 13,17 x 11,57 Tomas Hermes (SC) 

Flávio Nakagima (SP) 16,07 x 13,10 Alex Ribeiro (SP)


Semi – Masculino

Odirlei Coutinho (SP) 14,77 x 14,00 Wiggolly Dantas (SP)

Flávio Nakagima (SP) 9,66 x 9,20 Messias Felix (CE)


Final – Masculino

Odirlei Coutinho (SP) 17,33 x 9,10 Flávio Nakagima


Semi – Feminino

Diana Cristina (PB) 11,33 x 5,00 Gabriela Teixeira (RJ)

Cláudia Gonçalves (SP) 10,67 x 10,60 Juliana Quint (SC)


Final – Feminino

Diana Cristina (PB) 13,17 x 7,03 Cláudia Gonçalves (SP)

Classificação BSP Itamambuca – Masculino

1 – Odirlei Coutinho (SP)

2 – Flávio Nakagima (SP)

3 – Wiggolly Dantas (SP)

3 – Messias Félix (CE)

5 – Tânio Barreto (AL)

5 – Tomas Hermes (SC)

5 – Hizunomê Bettero (SP)

5 – Alex Ribeiro (SP)

Classificação BSP Itamambuca – Feminino

1 – Diana Cristina (PB)

2 – Cláudia Gonçalves (SP)

3 – Juliana Quint (SC)

3 – Gabriela Teixeira (RJ)

5 – Chantala Furlaneto (SC)

5 – Bruna Queiroz (SP)

5 – Nathalie Martins (PR)

5 – Suelen Naraísa (SP)

Top 5 – Masculino 

1- Tomas Hermes (SC) – 2110

2 – Bruno Galini (BA) – 1760

3 – Messias Félix (CE) – 1730

4 – Odirlei Coutinho (SP) – 1680

5 – Flávio Nakagima (SP) – 1640 


Top 5 – Feminino 

1 – Diana Cristina (PB) – 2860

2 – Juliana Quint (SC) – 2200

3 – Gabriela Leite (SC) – 1960

4 – Suelen Naraisa (SP) – 1950

5 – Tita Tavares (CE) – 1860 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias