22.5 C
Hale‘iwa
quarta-feira, 17 abril, 2024
22.5 C
Hale‘iwa
quarta-feira, 17 abril, 2024

Bom karma, Mau Karma

Por Julio Adler

Basta você descer no aeroporto dum desses lugares com água transparente e ondas que você morreria pra surfar e imediatamente sua espiritualidade aflora como se entrasse num templo sagrado.

Mesmo os mais céticos, como eu, ficam de certa forma abalados com a mística do Hawaii, Indonésia ou aqui, no caso, Tahiti – e olha que nem pisei lá ainda.

Você não precisa estar lá pra sentir a ‘vibe’, como gostam de escrever, ou a sensação de algo maior que a própria vida.

A transmissão pela internet, os vídeos diários, textos e a chance que tivemos de acompanhar ao vivo a sessão livre um dia antes do Billabong Pro começar, já nos empresta muito dessa sensação estranha que é esperar ansiosamente pela ondulação prevista dos infernos.

Me perdoem os mais religiosos, a heresia (é a segunda em 2011 depois de estudar a origem da canção tema do campeonato de Bells, veja no link), mas toda essa conversa de que Andy teria mandado ondas épicas para esse evento acaba me levando mais pra baixo do que pra cima.

Andy nunca teve nada de angelical.

Nem Kelly, não me levem a mal – exceto por uma infeliz introdução dum certo ex-editor da Surfer, Kelly dorme como um anjo…

Teahupoo é uma onda de fato infernal, desperta o pior e o melhor das pessoas.

Joel, por exemplo, quando espremido na parede pelo nosso caro Tiago Pires, em 2008, foi venenoso contra seu então companheiro de equipe. Esse fato foi cuidadosamente esquecido, mas há quem não esqueça Joel pedindo uma interferência que nunca aconteceu com as mãos pro alto.

Teahupoo desperta atos desprezíveis dos humanos.

Foi em Teahupoo que Jack McCoy, gênio dos gênios na arte de fazer filmes de surfe, apontou como momento chave na vitoriosa carreira do Andy Irons, um drope medonho numa onda que ainda deve causar assombro nos que testemunharam.

Os fracos não dormem em Teahupoo temendo o julgamento final.

Não o julgamento divino, não temos qualquer controle nesse tipo de julgamento, falo desse outro, humilhante, aterrador, que exalta ou enterra reputações.

Tampouco me refiro aos cinco cavaleiros do apocalipse, quero dizer, os cinco juízes da ASP, também não temos qualquer influência nas suas subjetivas decisões.

Falo do julgamento feito por centenas de milhares de ávidos espectadores, babando de todos lugares do mundo e pedindo pelo seu sangue.

Essa turba sem rosto vai demorar a digerir a falta de tato da Billabong em negar um convite ao Bruce Irons para participar do evento que mais uma vez homenageia seu irmão – Bruce surfava com a prancha do Andy!

Foi dada a largada!

Depois de assistir um dia inteiro de surfe sem compromisso dos 34 + 1 (Bruce Irons), o primeiro dia de competição do Billabong Pro foi de dar sono.

Embora realizado num excelente horário pra quem está por essas bandas (Bananão), certas baterias são capazes de nos induzir ao mais cruel torpor.

Evitemos comentar estas.

Salva-se, como de costume, Cijêi Robinhudí, que simplesmente surfou quase 70 metros mais pra dentro da bancada do que todo resto.

Ficou feio pro líder do circuito, Joel Parkinson, que parecia um rapaz cauteloso diante da maestria e desapego do caipira americano.

Ficou ainda pior quando Luke Egan, técnico do Joel e comentarista do evento, condenou a conduta do Clifton James ao dizer que ele quebrou um acordo de cavalheiros que há entre os surfistas.

Ora, Egan camarada, não é lá muito ético de sua parte fazer esse tipo de, maldoso, comentário…

Para nós, meros admiradores, nos pareceu que Joel não cumpriu o acordo de dropar atrás de todo mundo, como um candidato ao título mundial deve fazer…

De resto, Josh Kerr mostrou uma vez mais, como já tinha feito no Chile, em 2007, que não se resume em aéreos e rabetadas.

E Julian, Jules, J. Dub, ou como quiserem lhe chamar, é um surfista de respeito e que respeita a história do surfe, escrevendo em letras garrafais, A.I. na sua prancha.

Rezem pela alma dos surfistas que chegarem vivos (metaforicamente) ao dia 25.

A sorte esta lançada!

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias