Publicidade:

Conhecendo Lobitos

Por Hugo Valente O Pacasmayo Classic é um evento onde tem kitewave, SUP e windsurf. Quando terminou o campeonato, o tricampeão de kitewave, Guilly Brandão, me convidou pra fazer uma trip com ele para Lobitos, que fica no extremo norte do Peru. Pela carretera Panamericana norte, há dois acessos: km 1104 ou km 1102. O pico está situado no distrito de Talara. De Talara até Lobitos leva uns 40 minutos de carro, passando por dentro de zonas militares. Por causa das inúmeras plataformas de petróleo que existem por lá, os militares tomaram conta para poderem controlar quem entra e sai. Surfistas não tem nenhum problema de entrar e sair do território. Foi minha primeira vez lá, e fiquei surpreso com o potencial das ondas. O pico é classico, foi muito bom pra galera que pega onda e veleja, pois do meio da manhã até um pouco antes do final de tarde o vento rasga. Em Lobitos encontrei o ex-top mundial, Victor Ribas, que também estava amarradão com as ondas e, como é de praxe, os locais ficam checando o swell, e quando a ondulação encosta eles vêm para curtir os tubos de El Hueco, Lobitos e região. Foram apenas três dias, mas já foi suficiente para sentir o potencial das ondas.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias