Publicidade:

é dos carecas que…

Por Fabio Cerdeira Estava pensando cá com minhas pranchas e fiz uma descoberta incrível. Algo que vai mudar a história do surf. Peço desculpas pela falta de humildade. Mas não é todo dia que trombamos com uma conclusão tão importante. Preparados? Apontar, preparar, fogo: ser careca melhora a performance em cima da prancha. É garantido. Acho que isso só não foi lavrado em cartório porque ninguém quis largar as ondas para encarar fila atrás de um carimbo. Os fatos estão na nossa cara. Prova nº 1: Kelly Slater. Prova nº 2: Shane Dorian. Sim, os dois já surfavam muito na época que ostentavam um formoso topete. Mas foi depois que perderam as madeixas parafinadas que eles atingiram o status de “legends”. Não há dúvidas que o Kelly atingiu o auge do seu surf (não estou falando de títulos) com a cabeça raspada. O mesmo vale para o Shane e as big waves. Calma, não é para você sair correndo para raspar o cabelo. Ainda tenho dúvidas se a queda deve ser natural ou pode ser provocada. Já providenciei testes em laboratório para esclarecer essa questão. A única coisa impossível de descobrir, é quantos títulos mundiais teriam o Kojak, o Bruce Willis e o Zidane, se surfassem. Fabio Cerdeira é redator da agência de publicidade F/Nazca Saatchi & Saatchi e autor do blog Cérebro de Ostra.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias