23.2 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 18 abril, 2024
23.2 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 18 abril, 2024

BENDITA INTERFERÊNCIA

Por Luiz Michelini

O magro e branco garoto de Maracaípe quase que não passa sua bateria. “Apesar de eu ter avançado, comecei mal com a penalidade da interferência”, disse Halley. “Mas também foi horrível em partes, pois sabia que estava bem nas valas e a prancha era muito boa. Depois da interferência, fiquei meio abalado. Errei um aéreo muito bom que poderia ter sido uma nota máxima, mas graças a Deus nos minutos finais veio uma onda muito boa e eu pude realizar aquele aéreo double grab para virar”. Se cada onda que o local remava gerava diversos aplausos, imagine qual foi a reação da galera com este aéreo, que rendeu uma nota 9, a maior do dia.

Outro que também sofreu com a interferência foi Edvan Silva. Logo no começo da bateria, o cearense se enroscou com Alandreson Martins em uma onda e acabou por receber a penalização. Porém, nos últimos 20 segundos, quando tudo parecia estar perdido, uma direita manobrável até o inside levou Edvan direto para a terceira fase desta primeira etapa do Brasil Surf Pro.

Na categoria feminina, tivemos um duelo de gala. A atual bicampeã brasileira Suelen Naraísa enfrentou novamente (mas agora em uma disputa mulher a mulher) a veterana Tita Tavares, recém-ingressa no Brasil Surf Pro. A primeira disputa entre as duas foi ontem em uma bateria com mais duas atletas. Tita em primeiro, Suelen em segundo. Hoje, no novo confronto entre gerações, a ubatubense Suelen, por mais que seu técnico assobiasse e gesticulasse da areia, não se encontrou no mar. A vaga nas quartas foi para a cearense Tita Tavares. Um a zero para a experiência.

Surf Pelas Florestas Os atletas que conseguiram notas acima dos oito pontos vão participar da ação realizada pela Petrobrás, o Surf Pelas Florestas, que visa plantar durante o Brasil Surf Pro mudas de mata nativa do mangue – que cerca toda a região de Porto de Galinhas. Novamente o autor da maior nota do dia foi o local Halley Batista, ou “Cometa Pernambucano”, como gritou o locutor do evento. Porém, desta vez sua companhia não será Suelen Naraísa, e sim Edvan Silva. Juntos eles plantarão cinco mudas de Mangue Vermelho cada um. A próxima chamada do Brasil Surf Pro será nesta sexta-feira, às 7h15. Mais informações e o evento ao vivo no site do Brasil Surf Pro.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias