22 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 18 abril, 2024
22 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 18 abril, 2024

A CIDADE QUE NUNCA DORME

Por Giuliano Sebben Na minha visão, New York é a capital do mundo, uma cidade que não para de segunda a segunda, com diversos lugares para visitar e inúmeras opções de entretenimento. Uma cidade que te faz delirar com seus edifícios, lojas, restaurantes, bares e pontos turísticos. Para quem não sabe, New York é uma ilha, não tropical como o Hawaii, mas uma região urbana cercada por dois rios, East e Hudson, que se encontram no sul de Manhatan e se juntam ao oceano atlântico, criando um visual alucinante. O mais interessante é que meia hora de carro a leste de Manhatan você encontra a praia de Rockaway, localizada no bairro de Queens. Um pico totalmente diferente, tranquilo, com lindas casas em ruas estreitas de cara para um mar aberto. Rockaway proporciona altas ondas quando ondulação e vento estão corretos. Separada por molhes de pedras, é uma praia muito extensa, que vai até Long Island, em Long Beach, outro pico mais a leste de NY. A HARDCORE bateu um papo com Pat Conlon*, 40, surfista local de Rockaway, para saber o que podemos esperar da etapa da elite mundial, o Quiksilver Pro, que rolará em setembro. Qual o bairro que você cresceu em New York? Sou local de Rockaway, no Queens, cresci ali. Meus pais continuam morando lá, o que é perfeito, porque atualmente vivo em Manhatan, mas tenho a casa dos meus pais para ficar quando vou surfar. Com quantos anos você comecou a surfar? Comecei aos 12, um ano depois já tinha a minha primeira prancha. Quais surfistas te influenciaram? E quem te influencia hoje? Bem, quando comecei a surfar meu ídolo era o Sundance Farrel, um surfista local de Rockaway, que surfava muito bem, competia e viajava para diversos lugares. Foi muito legal para a minha formação escutar as histórias dele ao redor do mundo. Também gostava dos profissionais como Tom Curren, Martin Potter e Marvin Foster. Atualmente, aprecio o surf de Dane Reynolds, Irons brothers, Andy (R.I.P.), e claro, Taylor Knox, que é um grande amigo meu. Fale um pouco do seu pico Rockaway. O crowd está impossível no verão, atualmente tem muita gente na água, então isso atrapalha um pouco. Também existe muito desrespeito, porque as pessoas não sabem da história de Rockaway, dos locais, mas isso é algo que acontece em vários lugares e eu, sendo um local, sempre mostro com respeito. Algo como: “hello, olha com quem você está falando… “ (risos). Qual a vantagem e desvantagem de ser um surfista de New York? A vantagem é que ainda não há muitos surfistas de alto nível, que pegam onda bem quando o mar está perfeito e grande, com tubos e longas paredes. A desvantagem é a consistência das ondas, que não quebram frequentemente como na California, e o inverno, que aqui é longo, neva, e a água fica muito gelada. Como você sabe, em setembro teremos o Quiksilver Pro. Você acha que o pico tem potencial para a etapa ser um sucesso? Como já trabalhei para a Quiksilver, e provavelmente vou estar envolvido neste evento, acho que vai ser uma ótima oportunidade para New York. Não só pelo lado financeiro, que vai proporcionar dinheiro para a cidade de Long Beach com o turismo, mas para outras companhias também investirem no surf. Surfistas locais, como Balaram Stack, que surfa muito e que conhece a onda muito bem, podem trazer grandes surpresas para os profissionais do Tour. O Sean Collins, da Surfline, está monitorando de perto as oportunidades de ondas em setembro, sendo que esse é um período de furacões e que sempre gera muitas ondulações entre o Caribe e New York. A onda em si é muito parecida com a de Rockaway, ou da California, com fundo de areia, separada entre molhes de pedras, que funciona melhor com vento noroeste. O bom é que vai ser fim de verão, a água ainda vai estar quente. Vai ser um sucesso, não vejo a hora de ver amigos e ídolos surfando no quintal de casa. *Pat Conlon é dono do restaurante e bar EPSTEIN’S. Ele continua surfando Rockaway e contribuindo com suas artes para a marca Volcom.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias