21.7 C
Hale‘iwa
sexta-feira, 19 abril, 2024
21.7 C
Hale‘iwa
sexta-feira, 19 abril, 2024

o guerreiro brent

Brent Dorrington nunca tinha surfado em Thurso, na Escócia. Quem o encorajou a vestir o long john e participar desta etapa do O’Neill Coldwater Classic foi o colega Romain Cloitre (FRA). “Eu não estava planejando vir pra cá, mas meu amigo Romain conversou comigo sobre aparecer aqui e colocar minha roupa de borracha. Então devo uma cerveja a ele”, disse Brent após sua primeira vitória no evento Prime do WQS. Ao que parece, o título já estava prticamente decidido na semifinal, quando o aussie, em dez minutos de bateria contra Richard Christie (NZL), conseguiu somar a maior média do campeonato – 18.50. Na final, Dorrington teve de enfrentar outro neozolandês, Jay Quinn. As ondas estavam pequenas, por volta de um metro. Obviamente o tempo estava congelante – assim como a água. Após um intervalo na maré baixa, a bateria foi pra água assim que as ondas voltaram a subir. Quinn sofreu com as difíceis condições quando, mesmo mantendo a prioridade na maior parte da bateria, não conseguiu surfar a última série que entrou. Resultado, segunda colocação. Brent Dorrington, local da Gold Coast (AUS), comemorou. Esta foi sua primeira vitória e ele levantou seu troféu/espada como um guerreiro dos tempos do Rei Arthur. “Eu nunca ganhei uma competição em toda minha vida, então estar na final e vencê-la é incrível. Estou na liderança do O’Neill Coldwater Classics agora”, disse o campeão. Leonardo Neves foi o brasileiro que chegou mais longe no O’Neill Coldwater Classic da Escócia, parando nas quartas-de-final. A próxima parada do circuito gelado será em Tofino, Canadá, entre os dias 15 e 21 de outubro. Mais informações no site do CWC Series. O’Neill CWC Thurso, Escócia – Final Day

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias