27 C
Hale‘iwa
sábado, 20 abril, 2024
27 C
Hale‘iwa
sábado, 20 abril, 2024

LUEL 25 MIL

Eram quatro surfistas na disputa pelos 25 mil reais levados por aquele que dropasse a Maior Onda. Na disputa, nomes de peso como Aldemir Calunga, Dennis Tihara e Alexandre Moliterno. Mas não foi somente o surfista pernambucano Luel Felipe que levou pra casa o cheque de grande vencedor. O videomaker Max Bruno, que registrou a bomba dropada em Fernando de Noronha em fevereiro do ano passado, e o shaper Márcio Zouvi também faturaram R$ 2 mil cada por suas participações indiretas. Além da tradicional premiação pela Maior Onda, neste ano foram incluídas duas novas categorias: Melhor Aéreo e Melhor Tubo. Na primeira, os favoritos eram os gaúchos Ricardo Wendhausen e Gabriel Fuca. E com seu Bs Alley Oop 540º Riquinho foi quem levantou, na Confraria das Artes, o cheque de R$ 10 mil. Junto com ele foram premiados o videomaker Alex Costa (que registrou a ação) e o shaper Havenga (construtor do foguete voador). “É alucinante ter conquistado este prêmio que valoriza o surfista e é reconhecido por toda a comunidade do surfe. Ações como esta me deixam com vontade de voar cada vez mais alto”, afirmou Ricardo Wendhausen. Para Bruno Santos, a noite foi só festa. Afinal, na categoria que ele disputava não havia oponentes. Assim, o tubaço que pegou na Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, foi o suficiente para o carioca embolsar R$ 10 mil, além de seu shaper Ricardo Martins e do videomaker Sidnei Machado levarem R$ 2 mil cada.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias