Stephanie Gilmore é a campeã do Corona Open J-Bay 2018, primeiro campeonato feminino do circuito mundial da WSL disputado em Jeffreys Bay em quase duas décadas. Steph tornou-se campeã após vencer Lakey Peterson em uma disputa direta pela liderança do ranking – e pelo título mundial da temporada – em um mar clássico, proporcionado por uma sólida ondulação de sudeste que fez longas paredes de 4 a 6 pés de J-Bay correrem perfeitas durante todo o dia.

A vitória, na verdade, praticamente desempata a disputa pela camisa amarela, que era liderada por Lakey por uma diferença de 55 pontos. Steph vai para a próxima etapa, em Huntington Beach, Califórnia, pouco mais de dois mil pontos à frente da sua principal rival em 2018. A incipiente rivalidade inclusive foi abordada pela australiana após vencer a final.

“Eu me lembro de Kelly e Andy fazendo a final aqui em J-Bay”, disse ela, sobre a histórica virada de Kelly nos minutos finais do campeonato de 2005. “Tem uma foto dos dois apertando as mãos depois daquela final. Eles se cumprimentam pelo espírito esportivo, mas você pode ver aquilo que existe entre eles… Eles se odiavam. E eu olhava aquela foto e pensava que deveria tentar ser, que eu queria ter essa assertividade na hora de competir. Então acho que eu tentei me inspirar neles e trazer um pouco disso pra cá”, continuou Steph, que na verdade, deu um carinhoso abraço em Lakey depois da final e claramente está longe de conseguir odiar qualquer uma de suas rivais. “Acho que na verdade eu seo não consigo ser assim”, disse ela, ao final, já entre risos.

VEJA TAMBÉM:

Filipe Toledo passa por Medina, vence em J-Bay e assume liderança do ranking

Na grande final, Lakey começou na frente. Pegou uma onda intermediária e cravou algumas boas manobras. Steph veio na de trás, maior e mais limpa, e ainda teve a companhia de um grupo de golfinhos. Ela errou o tempo da onda e acabou deixando passar as melhores sessões.

Mas o score que deu a liderança a Lakey era apenas mediano. Steph achou as melhores ondas durante toda a bateria e conseguiu encaixar sua linha no tempo correto das melhores sessões, o que é o maior desafio de qualquer competidor em J-Bay.

Nas quartas de final, a convidada local Bianca Buitendag venceu mais uma bateria, dessa vez sobre a havaiana Coco Ho, que fez seu melhor resultado no ano na elite – mas continua fora da zona de classificação. Lakey Peterson fez uma grande apresentação contra Johanne Defay na bateria seguinte e logo depois Stephanie Gilmore passou no limite, após um empate técnico com Bronte Macaulay. As duas somaram 15 pontos cravados, mas Steph tinha a nota mais alta.

Lakey Peterson começou bem a final, mas não conseguir encaixar seu ritmo nas melhores ondas

A última bateria das quartas de final foi o palco de um show de Tatiana Weston-Webb. A brasileira-havaiana fez a melhor nota (9,77) e a melhor média (18,54) contra Sage Erickson com uma aula de backside em J-Bay. Com uma linha limpa e sólida, acertou uma patada atrás da outra nas partes mais críticas de cada onda, sem desequilibrar, sem dobrar a cavada (o maior crime que se pode cometer nessa onda, segundo o mestre Shaun Tomson), sem balançar os braços.

Na semi, Tati não conseguiu se acertar com o tempo das ondas, enquanto Steph, ao contrário, demonstrou vir numa crescente sintonia com o pico. Antes desse duelo, Lakey havia passado, com outra ótima atuação, por Buitendag.

Tati chegou na sua quinta semi-final consecutiva no ano. É uma marca impressionante e que a coloca como uma potencial candidata ao título nos próximos anos. Nos próximos porque em 2018, Steph e Lakey deram o passo a mais que Tati não tem conseguido: as vitórias. A gaúcha tem todo o restante da temporada para se concentrar, aperfeiçoar seu surf, buscar bons resultados, mas dificilmente conseguirá alcançar a dupla que atualmente briga pelo troféu.

A próxima etapa do circuito mundial feminino de surf é o Vans US Open, no píer de Huntington Beach, Califórnia, entre os dias 30 de julho e 5 de agosto.

Resultados do Corona Open J-Bay

Final: Stephanie Gilmore 14,24 x 11,50 Lakey Peterson

Sf1: Lakey Peterson 16,66 x 9,33 Bianca Buitendag
Sf2: Stephanie Gilmore 15,67 x 10,33 Tatiana Weston-Webb

Qf1: Bianca Buitendag 12,33 x 8,90 Coco Ho
Qf2: Lakey Peterson 15,83 x 13,30 Johanne Defay
Qf3: Stephanie Gilmore 15,00 x 15,00 Bronte Macaulay
Qf4: Tatiana Weston-Webb 18,54 x 10,60 Sage Erickson


Assine nossa newsletter e receba toda semana os conteúdos mais incríveis da Hardcore