Criado nos tubos de Maresias, Eric Bahia é o primeiro personagem da nova série da HARDCORE

Por Pedro Romanos

A HARDCORE estreia hoje a nova série Procura-se Grommet, e o personagem inaugural da seção é o paulistano Eric Bahia, promissor surfista da praia de Maresias.

Eric saiu da maternidade na capital paulista direto para Maresias, onde mora com sua família. Com um ano e meio de idade, já brincava de pegar as primeiras ondas, incentivado pelo pai, Alfredo Bahia. Que, por sinal, é tido como um dos melhores tube riders do Canto do Moreira – point onde entram as mais potentes ondas do pico.

O power de Maresias rendeu frutos para Eric logo no primeiro campeonato que disputou, aos 8 anos de idade, ao ser finalista do Sebastianense amador. Obteve bons resultados dali em diante para, em 2017, ingressar no Instituto Gabriel Medina, onde pode usufruir da melhor estrutura possível para um grom brasileiro.

Acumulou conhecimento no IGM e logo sentiu a diferença na parte física, técnica e tática, a partir dos treinos funcionais e de toda orientação profissional do instituto fundado e mantido pelo bicampeão mundial e local da mesma praia, Gabriel Medina.

Atirado nas ondas grandes e com faro para os tubos, Eric Bahia atualmente busca aprimorar a abordagem em ondas pequenas, buscando um melhor aproveitamento do que o mar pode lhe oferecer.

“Eu me dou bem em tubo, acredito muito que pelas condições de Maresias, e estou aprimorando voltar bem dos aéreos. Neste último ano evoluí muito no surf de borda e em ondas grandes. E venho me dedicando muito em onda pequena, que era um ponto fraco, caindo em qualquer tipo de mar e treinando muito”, disse Eric à HARDCORE.

Com patrocínio de bico da Hang Loose, tradicional marca do surf nacional, a meta é iniciar a carreira profissional com foco em bons resultados em etapas do QS e no seeding para as competições nacionais.

Atualmente, Eric balanceou o seu quiver de pranchas, variando modelos para todo tipo de mar, tudo sob design de Gregorio Motta, da Aerofish, que tem sua sala de shape no bairro da Vila Madalena, na capital paulista.

O “grommet” esteve recentemente no Hawaii, e nesta temporada participou da seletiva sul-americana para o mundial Pro Junior e do QS 3000 na pesada onda de El Colegio, em Iquique, no Chile, onde dividiu quarto com seu parceiro de equipe Ian Gouveia. Top do CT em 2017 e 2018 e notório tube rider, Ian iniciou o grommet em alguns mares mais assustadores, incentivando-o a se jogar em um dia que as ondas chegavam aos 3 metros.

No papo com a HARDCORE, Eric Bahia comentou ainda sobre os planos para esse ano e revelou um pouco de suas futuras ambições: “pretendo competir novas seletivas sul-americanas para o mundial Pro Junior, e mais algumas etapas do QS’s, alguns Sebastianenses e os Hang Loose’s, que é muito astral e importante para carreira de um surfista, pois são eventos de muita tradição. E quero fazer a tão sonhada surftrip pra Indonésia”.

#PROCURA-SE GROMMET: ERIC BAHIA

18/12/2001 – 17 anos* – Regular foot
Local de Maresias, São Paulo
Patrocínio: Hang Loose | @hangloose_brasil | hangloose.com.br
Pranchas: Aerofish | @aerofishsurfboards | aerofish.com.br
Shaper: Gregorio Motta
Acessórios: Bullys | @bullysbrasil | bullyssurf.com.br
Apoio: Nivana | @nivanasupertrips | nivana.com.br

 

AÇÃO:

 

*Como origem da palavra, a Redação da HARDCORE sabe que a idade limite para um grommet é de 16 anos. Porém, abrimos uma exceção para o Eric Bahia, pois na concepção de nova série #Procura-se Grommet, ele era o nosso personagem de estreia desde o lançamento da revista “Edição Especial Grommets”, em abril de 2018. Como estava prometido, Eric Bahia publicado.