HARDCORE ESPECIAL: 30 ANOS DE SURF

30 anos

Três décadas ininterruptas de surf. E representar toda a essa história nas páginas de uma única edição não foi tarefa simples. Recorremos às histórias antigas e atuais e ao perfil de três ícones de três gerações do surf brasileiro – Campeões Mundiais: Fábio Gouveia, Adriano de Souza e Gabriel Medina.

ADRIANO DE SOUZA rememora uma das carreiras mais incríveis do esporte brasileiro e mundial em uma entrevista franca com nosso diretor de redação, seu xará Adriano Vasconcellos.

De FÁBIO GOUVEIA, em vez de olhar ao passado, trouxemos o melhor do seu presente. O relato de dois anos de aventuras e andanças de Gouveia, espalhando alegria e alto astral por onde passa, é de Luciano Burin, que dirige a série Fábio Gouveia: A Onda É Se Divertir, do Canal Off.

Sobre GABRIEL MEDINA, deixamos de lado absurdo registro competitivo do brasileiro mais vencedor na história do surf mundial para ouvir aqueles que melhor conhecem a sua intimidade. São relatos de quatro das pessoas mais próximas a ele — Miguel Pupo, Johnny Cabianca, Flávio Nakagima e Allan Menache — que trazem às páginas da edição uma dimensão íntima do bicampeão mundial.

Também estendemos o questionamento inicial para fora da redação, trazendo para nossas páginas uma colaboração entre os principais nomes do jornalismo de surfe brasileiro. A reunião de Julio Adler, Alex Guaraná, Adrian Kojin, Edinho Leite, Maurio Borges, Carlos Matias, Steven Allain, Rafael Mellin e Reinaldo Andraus, o Dragão, resultou na seleção dos TOP 30 DO SURF BRASILEIRO: 30 surfistas que mudaram os parâmetros do que se faz em cima da prancha pelas águas salgadas do Brasil e do mundo, perfilados por outro doutor em história do surfe brasileiro, Bruno Bocayuva.

Os 30 anos também são celebrados nas colunas de Chloé Calmon e Igor Gouveia e num divertido flashback, viajando pelo túnel do tempo da HC desde as primeiras edições até as mais recentes, passando por todas as diferentes fases da revista. O art room com o convidado especial Yusuke Hanai, e as reflexões de Casami em #IPaintMyDay e de Héverton Ribeiro em Dark Room skateboard fecham essa longeva série com um olhar para o futuro.

30 anos e contando. E de olho na próxima série que aparece no horizonte…

30 anos