26.3 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 29 fevereiro, 2024
26.3 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 29 fevereiro, 2024

Soleil Errico e Kai Sallas ficam com o título de campeões mundiais de longboard de 2023

Soleil Errico (EUA) e Kai Sallas (HAV) conquistaram os títulos mundiais de Longboard de 2023 encerrado na última segunda-feira, na Califórnia, com vitórias no Malibu Longboard Championships, etapa número 4 do Longboard World Tour da WSL. Única representante do Brasil na competição, que adotou um formato semelhante ao do Finals Five, Chloé Calmon encerrou sua participação na oitava colocação, após ser eliminada na primeira bateria do Feminino, onde enfrentou Rachael Tilly e Mason Schremmer.

Chloe Calmon não conseguiu superar suas adversárias na primeira rodada do evento. Foto: Tommy Pierucki/World Surf League)

Soleil Errico (EUA) conquistou seu terceiro título mundial em sua casa, em Malibu. Seu primeiro título mundial foi ganho em 2018, no Taiwan Open Longboard Championships. Na temporada passada, ela conquistou seu segundo título aqui em Malibu. Agora, Errico se junta a uma lista restrita de tricampeões mundiais de Longboard da WSL, incluindo Honolua Blomfield (HAV), Taylor Jensen (EUA), Cori Schumacher (EUA), Rusty Keaulana (HAV), Joel Tudor (EUA) e Colin McPhillips (EUA).

É tão insano, esta é minha casa, e meu coração e alma estão aqui“, disse Errico. “Eu agradeço o apoio de todos. Tenho a melhor família de todos. Não parece real. Foi um dia e um fim de semana muito longos. Foi estranho, a neblina atrapalhou todo mundo, mas eu apenas tentei ficar forte mentalmente e confiar no processo. Estou muito feliz”, comemorou.

+ Universidade Federal de Pernambuco inova ao incluir surf na grade curricular

Errico competiu no evento classificada em segundo lugar no ranking e teve que derrotar Sophia Culhane (HAV), na semifinal, para enfrentar Kelis Kaleopa’a na disputa pelo título. Na final, Errico usou sua prioridade na metade do heat para conseguir duas boas notas deixando Kaleopa’a dependendo de 8.00 para virar o placar. O oceano não proporcionou nada substancial para Kaleopa’a responder, e Errico venceu a primeira bateria da final.

A tranquilidade de Errico sob pressão ficou evidente em sua disputa na Partida 4 até conquistar seu terceiro título mundial. Foto: WSL / Pierucki

Na segunda bateria da final, Errico continuou impondo um forte ritmo, fazendo 7.50 pontos. Em seguida, com uma excelente nota de 8.33 colocou sua adversária em combinação. Com apenas alguns minutos restantes, Kaleopa’a conseguiu sair da situação ao obter uma nota de 7.17, mas ainda precisava de uma grande pontuação para assumir a liderança. Errico então saiu vitoriosa do segundo confronto e, com as duas vitórias, foi coroada campeã mundial de Longboard de 2023 em casa pelo segundo ano consecutivo.

Na disputa entre os homens, Kai Sallas (HAV) conquistou seu primeiro título mundial, após quase duas décadas de dedicação. Ele conseguiu superar Ben Skinner (GBR) na semifinal antes de enfrentar seu grande amigo e aprendiz, Kaniela Stewart (HAV), na disputa pelo título.

Após quase duas décadas de dedicação, Kai Sallas (HAW), uma ameaça constante ao título mundial, finalmente realizou seu sonho. Foto: WSL / Saguibo

Estou fazendo isso há tanto tempo, e tudo o que posso dizer é: finalmente!”, disse Sallas. “Eu venho tentando há mais de 20 anos, e adicionar meu nome a essa lista de campeões mundiais havaianos é um sonho que se tornou realidade. Estou muito orgulhoso. Quero agradecer à minha esposa e meus filhos. Eles sempre lidam com meus humores durante as competições, e eles sempre estão aqui me apoiando. Eles vieram comigo para muitas das competições este ano, obrigado.”

O primeiro dos três embates na disputa pelo título foi vencido por Stewart, que apresentou domínio completo do nose prancha. Stewart acumulou um total de 15.77 pontos e a vitória, apesar do quase perfeito 9.57 de Sallas. No entanto, Sallas revidou em seu segundo duelo, abrindo com duas pontuações-chave para pressionar Stewart que não conseguiu encontrar uma nota de peso para igualar Sallas, e o título mundial foi decidido em um terceiro e decisivo embate.

O tira-teima da grande final começou devagar, mas logo pegou fogo. Em uma troca consecutiva, Stewart obteve uma excelente pontuação de 8.67 e Sallas uma excelente pontuação de 8.60 para assumir a liderança com uma nota de backup de 6.83. A última tentativa de Stewart não foi suficiente, e Sallas garantiu título de campeão mundial de Longboard de 2023.

RESULTADOS

Finais Femininas:

Soleil Errico (EUA) 13.50 VENCEU Kelis Kaleopaa (HAV) 7.73 Bateria 2: Soleil Errico (EUA) 15.83 VENCEU Kelis Kaleopaa (HAV) 11.90

Finais Masculinas:

Kaniela Stewart (HAV) 15.77 VENCEU Kai Sallas (HAV) 14.57 Bateria 2: Kai Sallas (HAV) 14.93 VENCEU Kaniela Stewart (HAV) 11.10 Bateria 3: Kai Sallas (HAV) 15.43 VENCEU Kaniela Stewart (HAV) 14.24

Semifinais Femininas:

Soleil Errico (EUA) 14.66 VENCEU Sophia Culhane (HAV) 13.77

Semifinais Masculinas:

Kai Sallas (HAV) 17.87 VENCEU Ben Skinner (GBR) 17.83

Quartas de Final Femininas:

Sophia Culhane (HAV) 17.50 VENCEU Honolua Blomfield (HAV) 16.33

Quartas de Final Masculinas:

Ben Skinner (GBR) 15.90 VENCEU Taylor Jensen (EUA) 15.24

Oitavas de Final Femininas:

Honolua Blomfield (HAV) 14.50 VENCEU Mason Schremmer (EUA) 11.37, Alice Lemoigne (FRA) 10.97

Oitavas de Final Masculinas:

Ben Skinner (GBR) 14.13 VENCEU Tony Silvagni (EUA) 12.90, Declan Wyton (AUS) 11.60

Preliminares Femininas:

Mason Schremmer (EUA) 13.73 VENCEU Rachael Tilly (EUA) 10.54, Chloe Calmon (BRA) 10.40

Preliminares Masculinas:

Tony Silvagni (EUA) 11.23 VENCEU Edouard Delpero (FRA) 8.37, Rogelio Jr Esquievel (PHL) 7.17

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias