Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Mas, então, o surf tem um superalimento?


Mas, então, o surf tem um superalimento?

Surfar requer alta produção de energia. Você coloca todo o seu corpo para trabalhar, às vezes se senta em um ambiente adverso e faz isso por horas seguidas.

Portanto é justo dizer que cada sessão de surf é mais como uma maratona e não uma corrida, então, como você escolhe abastecer seu corpo é tão importante quanto o formato da prancha em que você faz tudo isso.

Todos nós sabemos que precisamos de combustível adequado para uma resistência de longo prazo.

LEIA TAMBÉM: Sete dicas para surfistas vegetarianos

Diante dessa necessidade, voltamos à pergunta que abre esse texto: o surf tem um superalimento?

As bananas são um bom começo; combinadas com um carboidrato complexo, como pão integral ou aveia.

Mas seu corpo também precisa de proteínas, bem como vitaminas e minerais para o funcionamento e a recuperação ideais.

De todas as coisas, as castanhas são a melhor escolha. Elas são uma potência de energia, altamente valorizadas pelas proteínas, vitaminas, minerais e gordura saudável monoinsaturada.

Por exemplo, amêndoas contêm 20 por cento a mais de proteína do peso equivalente de apenas um ovo.

A maioria das nozes contém vitamina E, B2, folato e minerais essenciais como magnésio, potássio, fósforo, cobre e selênio.

Embora sejam densos em gordura, eles estão cheios de gorduras boas como ômega-3, em sua maior parte.

Seu perfil lipídico saudável protege o coração e a saúde.

A cereja do bolo é que essas pequenas maravilhas também têm um perfil de baixo IG (índice glicêmico), o que libera energia lentamente.

Ou seja, as castanhas são um verdadeiro depósito de energia, vitaminas e minerais para sessões de surf prolongadas.

Para maximizar seus benefícios nutricionais, é melhor diversificar as castanhas.

Algumas nozes são mais ricas em certos nutrientes do que outras.

Amendoins e pecãs contêm muitas vitaminas B, por exemplo, enquanto amêndoas são ricas em cálcio e vitamina E. As nozes contêm folatos, vitamina E e ácido alfa-linoléico (ALA, um ácido graxo ômega-3).

Além disso, estudos já revelaram que pessoas que consumiram cinco ou mais porções de nozes por semana tiveram um risco 14% menor de doenças cardiovasculares e 20% menos de doenças coronárias do pessoas que nunca ou raramente consumiram nozes.

Uma consciência ambiental maior

As castanhas são uma fonte limpa de combustível.  Os surfistas, é claro, são um grupo que normalmente tem consciência de como esses hábitos afetam o planeta.

Vale lembrar que as emissões de Gases de Efeito Estufa da maioria dos produtos de origem vegetal são de 10 a 50 vezes mais baixas do que a maioria dos produtos de origem animal.

Por exemplo, “embora o gado ocupe a maior parte das terras agrícolas do mundo, ele produz apenas 18 por cento das calorias do mundo e 37 por cento do total de proteínas”, tornando-se um uso bastante ineficiente de terras habitáveis.

Produzir apenas um quilo de carne bovina emite 60 quilos de gases de efeito estufa (equivalentes de CO2), enquanto a produção de um quilo de milho emitirá apenas um quilo.

Nozes como amêndoas, por outro lado, podem ser carbono-negativas. Eles ajudam a compensar as emissões de GEE, pois as nozes têm um valor negativo de alteração do uso da terra. Árvores de nozes estão substituindo terras agrícolas; o carbono fica armazenado nas árvores.

+Notícias

Surf perigoso no Havaí com...

Surf perigoso no Havaí? Estamos sentindo cheiro de Mason Ho. Há quem diga que Mase...

Modelo ativista nada nua com...

A Modelo ativista Marisa Papen nada nua com tubarões no Havaí. A cena é bela...

Adriano de Souza sofre lesão...

O campeão mundial Adriano de Souza sofreu uma lesão no joelho e poderá ficar...

WSL divulga calendário dos eventos...

Nesta semana a WSL divulgou o calendário dos eventos do Qualifying Series (QS) e...