25 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024
25 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024

Laura Raupp é recordista de baterias vencidas no Circuito Banco do Brasil de Surfe

Por Redação

O Circuito Banco do Brasil de Surfe abriu o QS 3000 feminino na sexta-feira (24) na Praia do Francês, em Marechal Deodoro, Alagoas. As 16 classificadas nas 8 baterias da primeira fase já vão disputar vagas para as quartas de final no sábado. As principais estrelas avançaram e também foram definidos os 16 melhores do QS 3000 masculino, que vão se enfrentar na rodada classificatória para as quartas de final. Neste sábado (25), serão conhecidos quem disputará os títulos desta terceira etapa da temporada 2024/2025 da World Surf League (WSL) South America no domingo.

+ CBSurf Master Tour presta homenagem às vítimas das enchentes no RS
+ Tatiana Weston-Webb questiona critérios de julgamento da WSL

A catarinense Laura Raupp ganhou as duas primeiras etapas em Torres (RS) e em Saquarema (RJ), manteve a invencibilidade na sua estreia na Praia do Francês e agora é nova recordista de baterias vencidas na história do Circuito Banco do Brasil de Surfe, iniciada em 2022. No confronto que abriu a sexta-feira, Laurinha saiu do mar em primeiro lugar pela 21.a vez, contra a paulista Kemily Sampaio e a equatoriana Genesis Garcia. Ela veio direto das águas geladas da Austrália, onde participou das duas primeiras etapas do Challenger Series, para as águas quentes da Praia do Francês, em Marechal Deodoro.

“Estou tentando me acostumar com o calor ainda, mas eu amo o Nordeste, amo o calor daqui e estou superfeliz de estar aqui”, disse Laura Raupp, que lidera os rankings da WSL South America e do Circuito Banco do Brasil. “Depois da perna australiana do Challenger Series, com uma bateria mais difícil do que a outra, estou bem feliz de voltar a competir aqui no Brasil”.

Nas baterias seguintes, as únicas participantes de Alagoas na etapa do QS que há 26 anos não acontecia na Praia do Francês, Vidda Cavalcanti e Clara Holanda, foram eliminadas. Assim como a pernambucana Chayanne de Oliveira, atual campeã alagoana que venceu a Triagem na quarta-feira. Clara Holanda foi a vice-campeã da Triagem e perdeu na bateria vencida pela vice-líder do ranking sul-americano da WSL, Arena Rodriguez Vargas. A peruana já venceu uma etapa do Circuito Banco do Brasil de Surfe no ano passado em São Sebastião (SP) e foi vice-campeã na final com Laura Raupp em Saquarema (RJ) esse ano.

Quartas de final

As 16 classificadas vão disputar vagas para as quartas de final do Circuito Banco do Brasil de Surfe de Marechal Deodoro. Na primeira bateria, Laura Raupp defende a invencibilidade e a liderança dos rankings, contra as cariocas Julia Duarte e Mariana Areno e a cearense Yanca Costa. Na segunda, a peruana Arena Rodriguez Vargas enfrenta mais três brasileiras, Kiany Hyakutake, Kemily Sampaio e Julia Santos. Na terceira, estão as campeãs sul-americanas, Daniella Rosas e Sophia Medina, contra Isabelle Nalu e Juliana dos Santos. E na última, Silvana Lima e Monik Santos, contra as jovens Alexia Monteiro e a surfista olímpica do Peru, Sol Aguirre.

No QS 3000 masculino, a primeira batalha por duas vagas para as quartas de final do Circuito Banco do Brasil de Surfe em Marechal Deodoro, será entre Peterson Crisanto (PR), Vitor Ferreira (RJ), Krystian Kymerson (ES) e Yage Araujo (BA). Na segunda bateria, a disputa será entre quatro surfistas que vieram direto do Challenger Series na Austrália, para competir na Praia do Francês, Michael Rodrigues (CE), Mateus Herdy (SC), Heitor Mueller (SC) e Cauã Costa (CE). Na terceira, o líder do Circuito Banco do Brasil, Matheus Navarro (SC), enfrenta Rafael Teixeira (ES), Nacho Gundesen (ARG) e José Francisco (PB). E na última, estão Edgard Groggia (SP), Mateus Sena (RN), Weslley Dantas (SP) e Daniel Templar (RJ).

Recordes do dia

Durante a tarde, com a maré cheia na Praia do Francês, foram registrados os recordes do dia. O paraibano José Francisco, que há muitos anos mora em Florianópolis e é bicampeão catarinense profissional em 2022 e 2023, achou as rampas pra voar e completou os aéreos, para somar notas 8,17 e 7,00. O saquaremense Daniel Templar também acertou um aéreo incrível, que ganhou 8,23. Com essa nota, Daniel tirou o segundo lugar do recordista da quinta-feira, Douglas Silva, eliminado junto com o também pernambucano Junior Lagosta.

“Eu estava superconfortável, porque essa condição é a mesma de quando comecei a surfar na Paraíba”, disse José Francisco, mais conhecido por Fininho. “Eu consegui chegar uns dias antes pra me adaptar mais com a onda aqui e, Graças a Deus, consegui fazer duas notas boas para vencer essa bateria. Eu sou muito grato de ter esse power surf e queria ter mais oportunidades pra mostrar meu surfe pro mundo. Mas é difícil, porque não tenho patrocínio. Falta de surfe não é, então fico meio triste, pensando que é pela minha cor. Mas Deus sabe o que faz, Ele me botou aqui hoje, me deu força, me deu saúde, para eu representar minha raça negra e quero ver mais pretos nesse esporte”.

Líderes eliminados

A terceira fase masculina já começou com o paranaense Peterson Crisanto usando os aéreos para ganhar a primeira bateria do atual campeão sul-americano, Mateus Herdy. E terminou assim também, com o potiguar Mateus Sena voando para a vitória nas ondas do Francês. Já a grande surpresa do dia, foi a eliminação dos líderes no ranking sul-americano da World Surf League. Lucas Vicente e o argentino Franco Radziunas voltaram a se encontrar depois da vitória do catarinense na final do QS 5000 Saquarema Surf Festival, válido como segunda etapa do Circuito Banco do Brasil de Surfe 2024. Só que os dois foram barrados juntos na sexta-feira, pelo carioca Vitor Ferreira e o cearense Michael Rodrigues.

Apesar da derrota, Lucas Vicente não perde a liderança no ranking da WSL South America, mas a segunda posição do Franco Radziunas é ameaçada por vários surfistas que se classificaram na sexta-feira. Esse ranking classifica 7 homens e 3 mulheres para o Challenger Series, circuito de acesso para a elite do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT). Dos 7 surfistas que chegaram em Alagoas neste grupo, apenas o sexto colocado, Edgard Groggia, segue na disputa do título em Marechal Deodoro. E o Matheus Navarro, campeão da primeira etapa em Torres (RS), já tirou o Rickson Falcão da lista.

PRÓXIMAS BATERIAS DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE:

SEGUNDA FASE FEMININA – 1.a e 2.a passam para as quartas de final:
——-3.a=9.o lugar (US$ 750 e 945 pts) e 4.a=13.o lugar (US$ 550 e 796 pts)
1.a: Laura Raupp (BRA), Julia Duarte (BRA), Yanca Costa (BRA), Mariana Areno (BRA)
2.a: Arena Rodriguez Vargas (PER), Kiany Hyakutake (BRA), Kemily Sampaio (BRA), Julia Santos (BRA)
3.a: Sophia Medina (BRA), Danielle Rosas (PER), Isabelle Nalu (BRA), Juliana dos Santos (BRA)
4.a: Sol Aguirre (PER), Silvana Lima (BRA), Alexia Monteiro (BRA), Monik Santos (BRA)

QUARTA FASE MASCULINA – 1.a e 2.a passam para as quartas de final:
——-3.o=9.o lugar (US$ 750 e 945 pts) e 4.o=13.o lugar (US$ 550 e 796 pts)
1.a: Peterson Crisanto (BRA), Vitor Ferreira (BRA), Krystian Kymerson (BRA), Yage Araujo (BRA)
2.a: Michael Rodrigues (BRA), Mateus Herdy (BRA), Heitor Mueller (BRA), Cauã Costa (BRA)
3.a: Rafael Teixeira (BRA), Matheus Navarro (BRA), Nacho Gundesen (ARG), José Francisco (BRA)
4.a: Edgard Groggia (BRA), Mateus Sena (BRA), Weslley Dantas (BRA), Daniel Templar (BRA)

RESULTADOS DA SEXTA-FEIRA NA PRAIA DO FRANCÊS:

PRIMEIRA FASE – 3.a=17.o lugar (480 pts) e 4.a=25.o lugar (400 pts):
1.a: 1-Laura Raupp (BRA), 2-Kemily Sampaio (BRA), 3-Genesis Garcia (ECU)
2.a: 1-Julia Duarte (BRA), 2-Julia Santos (BRA), 3-Kalea Gervasi (PER), 4-Vidda Cavalcanti (BRA)
3.a: 1-Kiany Hyakutake (BRA), 2-Mariana Areno (BRA), 3-Vera Jarisz (ARG), 4-Chayanne de Oliveira (BRA)
4.a: 1-Arena Rodriguez Vargas (PER), 2-Yanca Costa (BRA), 3-Sol Carrion (BRA), 4-Clara Holanda (BRA)
5.a: 1-Daniella Rosas (PER), 2-Alexia Monteiro (BRA), 3-Yasmin Neves (BRA)
6.a: 1-Juliana dos Santos (BRA), 2-Monik Santos (BRA), 3-Melanie Giunta (PER), 4-Isabela Saldanha (BRA)
7.a: 1-Silvana Lima (BRA), 2-Isabelle Nalu (BRA), 3-Camila Sanday (PER), 4-Nicole Santos (BRA)
8.a: 1-Sol Aguirre (PER), 2-Sophia Medina (BRA), 3-Sophia Gonçalves (BRA)

TERCEIRA FASE – 3.o=17.o lugar (480 pts) e 4.o=25.o lugar (400 pts):
1.a: 1-Peterson Crisanto (BRA), 2-Mateus Herdy (BRA), 3-Diego Aguiar (BRA), 4-Amando Tenorio (BRA)
2.a: 1-Vitor Ferreira (BRA), 2-Michael Rodrigues (BRA), 3-Franco Radziunas (ARG), 4-Lucas Vicente (BRA)
3.a: 1-Heitor Mueller (BRA), 2-Yage Araujo (BRA), 3-Luan Ferreyra (BRA), 4-Alonso Correa (PER)
4.a: 1-Cauã Costa (BRA), 2-Krystian Kymerson (BRA), 3-Thiago Eduardo (BRA), 4-Felipe Oliveira (BRA)
5.a: 1-Nacho Gundesen (ARG), 2-Edgard Groggia (BRA), 3-Gabriel André (BRA), 4-Leo Casal (BRA)
6.a: 1-José Francisco (BRA), 2-Daniel Templar (BRA), 3-Douglas Silva (BRA), 4-Junior Lagosta (BRA)
7.a: 1-Weslley Dantas (BRA), 2-Matheus Navarro (BRA), 3-Valentin Neves (BRA), 4-Victor Ramos (BRA)
8.a: 1-Mateus Sena (BRA), 2-Rafael Teixeira (BRA), 3-Lucas Silveira (BRA), 4-Gabriel Klaussner (BRA)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias