Gabriel Medina confirma favoritismo e vence bateria no surfe olímpico

Por Redação

Mais Lidas

Bicampeão mundial, Gabriel Medina começou bem no surfe olímpico ao vencer sua bateria com uma sequência de aéreos, e se classificar às oitavas de final nos Jogos de Tóquio-2020. Com isso, os dois representantes brasileiros do surfe avançaram à próxima fase.

Leia mais 

Depois de Ítalo Ferreira faturar a primeira bateria na estreia do surfe em Olimpíadas, foi a vez de Gabriel Medina entrar na água para confirmar o seu favoritismo nos Jogos de Tóquio-2020. 

A bateria de Medina contou apenas com três atletas. O português Frederico Morais testou positivo para Covid e foi obrigado a deixar a competição. Já o substituto, o costarriquenho Carlos Muñoz, não conseguiu chegar a tempo para disputar a prova.

Medina teve como concorrentes o alemão Leon Glatzer e francês Michel Bourez. Os dois começaram melhor e conseguiram boas notas nas ondas que pegaram, mas faltando 10 minutos para o final da bateria, o bicampeão mundial manteve o foco e virou o jogo.

Com dois belos aéreos, quase na sequência, Gabriel Medina ultrapassou os adversários, assumiu a liderança da bateria e garantiu a classificação às oitavas de final do surfe olímpico.

A próxima fase está programada para ser disputada na madrugada de terça-feira. Os adversários de Gabriel Medina e Ítalo Ferreira sairão da repescagem.

Live de Yasmim tem  21,5 mil visualizações

Enquanto Gabriel Medina avançava na competição de surf nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, a mulher do surfista, Yasmim Brunet fazia uma live para transmitir a participação do marido. A transmissão pelo Instagram da modelo contou com mais de 21,5 mil visualizações.

“Eu tenho certeza que ele vai trazer muita felicidade, muito orgulho e via trazer essa medalha de ouro para o Brasil”, postou Yasmim em seu stories.


Últimas Notícias