24.9 C
Hale‘iwa
quarta-feira, 28 fevereiro, 2024
24.9 C
Hale‘iwa
quarta-feira, 28 fevereiro, 2024

Firewire facilita vida de viajantes com frota de pranchas para alugar

Outra possibilidade que o aluguel oferece é de que as pranchas sejam testadas por surfistas das regiões onde o serviço está disponível

A  renomada marca de pranchas pertencente a Kelly Slater lançou um programa de aluguel dos seus foguetes batizado de Firewire Fleet. Traduzindo literalmente, seria a Frota da Firewire, que tem como objetivo principal permitir que surfistas que viajam sem suas pranchas possam escolher um dos modelos fabricados na Tailândia, e distribuídos por uma rede de representantes mundo afora, para uma sessão de surf no seu destino.

Por enquanto o serviço só está disponível nos Estados Unidos, Austrália e Costa Rica. Mas os planos são de expansão em 2024, iniciando pela Europa e Reino Unido. Outra possibilidade que o aluguel oferece é de que as pranchas sejam testadas por surfistas das regiões onde o serviço está disponível nas suas praias locais, facilitando a decisão de uma eventual compra.

Rob Machado foi escolhido para gravar um vídeo divulgando a iniciativa e mostrando como é simples alugar a prancha com uma simples ida a uma surf shop. Ele sai do estabelecimento com dois modelos que ficou curioso para ver como funcionam, e parte para a experimentação imediata num pico próximo de sua casa, em Cardiff, na Califórnia. 

+The Mashup: o novo modelo de prancha Firewire do Rob Machado

A Firewire Surfboards teve o principio da sua história em 1981, como a NEV Surfboards, na Austrália, do conceituado shaper Neville Hyman. Durante o final da década de 1980 e início da década de 1990, Hyman desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento de tecnologias de modelagem orientadas por computador. No final de 2005, Hyman procurou modernizar os materiais das pranchas de surf colaborando com um shaper inovador chamado Bert Burger. A parceria levou à criação das pranchas Firewire, usando uma nova construção “sanduíche” envolvendo espuma EPS, balsa e resina epóxi. 

Eventualmente, em 2015, o 11 X campeão mundial Kelly Slater investiu na Firewire, tornando-se dono de, supostamente, 70% da empresa. Contando com shapers experientes como Daniel “Tomo” Thompson e Dan Mann, além do expertise de Kelly Slater e Rob Machado, a Firewire conta com uma extensa gama de modelos, tendo como um dos principais argumentos de venda uma abordagem ecologicamente consciente na fabricação das pranchas, que reduz os danos ao ambiente e oferece uma durabilidade única. 

Para quem ainda não teve a oportunidade de experimentar uma, caso sua viagem seja para um dos destinos onde o serviço de aluguel já está disponível, quem sabe não é uma boa. Foi a maneira que a Firewire encontrou para facilitar a vida de surfistas viajantes, disponibilizando sua frota de pranchas para alugar.



Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias