Publicidade:

VÍDEO: as 5 ondas mais perfeitas do mundo, segundo fotógrafo

Neste vídeo, o fotógrafo carioca Henrique Pinguim lista as 5 ondas mais perfeitas do mundo.

“Esta é a minha opinião como fotógrafo profissional de surfe. Lugares especiais que tive o privilégio de conhecer, fazer amigos e registrar muitos tubos,” ele conta.

+ Galeria Fernando de Noronha
+ John John Florence em Pipeline e Backdoor: uma simbiose perfeita
+ Vídeo Valentine’s Swell em Pipeline: um caso de amor com esta joia rara do North Shore de Oahu

Nós decidimos listar os cinco picos aqui antes de você ver o vídeo e não contamos isso como spoiler, afinal, vale muito mais ver todas as ondas in motion (e surfistas em ação).

Desert Point, na Indonésia, é uma das ondas mais perfeitas do mundo, se não for a mais perfeita,” conta Pinguim.

“Eu nunca sonhei que fosse conhecer esse lugar: P-Pass, na Micronésia. Nesta trip fiz uma das fotos mais especiais da minha vida, do Ricardinho dos Santos em um tubão de braços abertos.”

Teahupo’o, ou crânios quebrados, não importa; esse foi um dos tiros mais certeiros que dei na vida; sem dúvida nenhuma a onda mais fotogênica do mundo. Um pico lindo e amedrontador de fotografar. O taitiano, na minha opinião é o povo mais simpático do mundo; sem dúvida essa é uma onda muito icônica, com certeza essa é uma das trips mais especiais que você pode fazer.”

Cacimba do Padre, eu gosto muito de fotografar; o Bode é muito especial, aquela direita tubular, me lembra Off The Wall clássico com fundo de areia (a melhor parte é essa; Noronha é com certeza parada obrigatória para qualquer fotógrafo de surf; dá para fazer fine art e fotografias incríveis.”

Pipeline: quando estou disposto a entrar e boto meu pé de pato no chão e tenho de escolher que horas eu vou pular na água, aquilo é um jogo mental de eu e eu mesmo; eu tenho de escolher a hora certa para poder varar e chegar de boa no canal. Pipeline me bota muito medo, é o único lugar do mundo aonde eu vou nadar e a minha perna fica bamba, é um mix de medo e euforia para fazer aquele fotão. Uma onda muito fotogênica principalmente no final de tarde; os melhores mares que eu já vi na minha vida em Pipeline foram na parte da tarde, não sei, parece que tudo se alinha, encaixa o vento, não sei… lugar aonde eu tive grandes conquistas na minha carreira, um lugar que eu tento ir todos os anos.”

Conheça aqui o canal de Henrique Pinguim.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias