25 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024
25 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024

Inspirado no localismo, “The Surfer” é ovacionado em Cannes 

"The Surfer" deve ser um filme bacana de ser assistido, mas não vá pensando nas ondas perfeitas do oeste da Austrália, onde ele foi filmado, ou você irá se decepcionar.

O filme “The Surfer”, estrelado pelo consagrado ator americano vencedor do Oscar, Nicolas Cage, foi ovacionado em Cannes na noite de sexta-feira passada por seis minutos ininterruptos. Segundo reportagem do site Variety.com, a produção foi exibida à meia noite para uma plateia lotada, que se colocou toda de pé ao final para aplaudir. A produção conta a história de um surfista que retorna à praia de sua infância acompanhado pelo filho e é impedido por um grupo de locais impiedosos de surfar. 

Ainda que o anúncio do início das filmagens tenha rendido matérias em diversos sites de surf com fotos de Nicolas Cage acompanhado do australiano duas vice-campeão mundial Taj Burrow, o filme não é focado na ação dentro d’água. Muito pelo contrário, descrito como claustrofóbico, ainda que a maior parte de suas cenas tenham sido gravadas ao ar livre, o “thriller” psicológico ressalta um lado negativo da cultura surf, muito bem resumido na frase repetida pela gangue dos Bay Boys que domina o pico: “Não mora aqui, não surfa aqui”.

O roteirista do filme declarou ter se inspirado num incidente que presenciou, onde turistas foram proibidos de surfar numa praia que ele estava visitando. O diretor de “The Surfer”, Lorcan Finnegan se aproveita deste contexto para tirar o melhor do grande ator que é Nicolas Cage. Ele encarna de maneira cativante toda a raiva pela qual o pai, atormentado pela impossibilidade de reviver sua infância idílica ao lado do filho, ao mesmo tempo em que é castigado pelo sol australiano, passa na mão daqueles que se intitulam donos da praia. 

+Vazam cenas de “The Surfer”, filme estrelado por Nicolas Cage

Cage é famoso por interpretar personagens um tanto quanto fora do normal, muitos deles beirando a loucura, quando não totalmente imersos nela. De acordo com o site Hollywoodreporter.com, mais do que o bem elaborado roteiro, os belos cenários, a fotografia acurada e a edição muito bem feita, o ponto alto do filme é a atuação de Cage, “conquistando os holofotes, a maneira que gostamos de vê-lo trabalhar”. Ao que tudo indica “The Surfer” deve ser um filme bacana de ser assistido, mas não vá pensando nas ondas perfeitas do oeste da Austrália, onde ele foi filmado, ou você irá se decepcionar.



Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias