Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Rip Curl Search se volta ao mercado core no Brasil em edição especial



Muito mais do que um projeto The Search! Um momento de ampliar horizontes e reforçar laços em comum em prol do consumidor final. A Rip Curl do Brasil promoverá no final desse mês, em parceria com a Welcome SurfTrips, uma inovadora trip em busca das ondas perfeitas. Mas, em vez de surfistas renomados, um outro e importante público. Dessa vez, a “barca” será formada por oito lojistas convidados pela marca, empresários que têm total ligação com a empresa, que surfam e valorizam o cliente que pega onda.

O local também é mais do que especial: Chicama, no Peru, sem dúvida uma das melhores ondas do planeta e que nessa época do ano – no inverno – rola em condições perfeitas. O projeto The Search com os lojistas surgiu como um reconhecimento ao trabalho que eles têm feito no atendimento ao surfista praticante. Foram escolhidos clientes do Rio Grande do Sul a Pernambuco para uma viagem recheada de muita onda perfeita e interação.

De quebra, um bônus apropriado e que tem tudo a ver com os escolhidos: um “test drive” – em primeira mão – da roupa de borracha E6, novo Neoprene que a Rip Curl lançará ao mercado, chegando ao Brasil em setembro. “Será o momento de valorizarmos clientes de tradição, com muito tempo no segmento, com 20, 30 anos de mercado, atendendo esse perfil de consumidor do surfwear”, comenta o gerente de marketing da Rip Curl, Fernando Gonzalez, informando que pretende repetir a ação nos próximos anos com outros lojistas.

Veja também

Gabriel Medina vira na última onda e é vence pela 2ª vez em Teahupoo

“São lojas que se mantiveram fiéis no mercado core, voltadas a atender o público praticante. E seus donos são surfistas, vivem o esporte e conhecem a necessidade do seu público. São formadores de opinião. Eles seguem muito a filosofia da Rip Curl, feita por surfistas para surfistas”, reforça o CEO da Rip Curl, o ex-surfista profissional Felipe Silveira, que também estará na viagem junto com Fernando e com o gerente de produtos técnicos, Márcio Ramos, responsável por apresentar aos lojistas a nova roupa E6.

Para Felipe, a viagem é um reconhecimento aos clientes e, ao mesmo tempo, um start para que eles realmente sigam com essa abordagem junto aos consumidores surfistas. “Todos vão trocar experiências, contar suas trajetórias, experimentar a nossa nova roupa de borracha para poder passar com propriedade os benefícios ao seu público”, diz. “Será uma viagem rápida, em busca da onda perfeita com nossos clientes e também amigos de longa data”, complementa o CEO da Rip Curl.

Márcio Ramos explica que hoje 80% das lojas não são focadas no surfista. Cresceram e, muitas vezes, se tornaram grandes redes atendendo o público simpatizante. Já essas lojas escolhidas e os donos se mantiveram fiéis no mercado core, com atendimento voltado ao público praticante. Todos os donos surfam, o que nos motiva ainda mais”, fala.

“Com certeza, é um reconhecimento da Rip Curl aos clientes que têm perfil bem alinhado com a marca, de surfistas para surfistas, com produtos técnicos para o surf, como as roupas de borracha, bermudas Mirage, os relógios de maré, com GPS. Temos certo alinhamento em termos estratégicos com eles e o público que essas lojas atendem”, acrescenta Márcio.

Toda a viagem está sendo organizada em parceria com a Welcome SurfTrips e os participantes do The Search ficarão hospedados no Chicama Resort, em frente ao pico, especializado em surfistas e que oferece todas as facilidades que o praticante precisa. “A Welcome SurfTrips ajudou em todo o roteiro para ter uma viagem perfeita. Esse é um projeto inédito nesse formato no Brasil, de levar donos de lojas para pegar ondas perfeitas. Estamos reforçando o posicionamento da Rip Curl como marca surf”, anuncia Fernando Gonzalez.

A HARDCORE vai acompanhar in loco essa surf trip, com cobertura exclusiva digital online e reportagens para a edição impressa.

Convidados destacam animação para o The Search Chicama

Animação, ansiedade e ótimas expectativas de um encontro com ondas e muita troca de informações. Os convidados para o The Search em Chicama destacam as vantagens dessa viagem e a interação para poderem melhorar ainda mais o atendimento. “Achei incrível esse convite. Sou cliente da Rip Curl desde moleque. Hoje sou lojista, surfista e sempre uso e testo os novos modelos”, afirma Oswaldo Baire, da Boards Co., no Rio de Janeiro, o mais experiente do grupo, com 30 anos de mercado.

“Foi algo absolutamente inovador e uma grande surpresa. A expectativa para a viagem é a melhor possível, pois nada melhor que ‘trabalhar’ em um dos picos mais clássicos do mundo”, diz João Paulo Hilgenberg Gouveia, da SurfAlive, em São Paulo. “Achei uma ótima iniciativa de aproximar todos que estão envolvidos na comercialização dos produtos RipCurl num ambiente The Search. Parabéns à Rip Curl pela iniciativa”, comenta Pedro Bernardo Raimundo, das lojas Sul Nativo, em Santa Catarina. “Foi uma forma de valorizar verdadeiros parceiros da marca, que têm o espírito The Search incorporado dentro de cada um”, reforça Eduardo Machado, das lojas 900 Graus, também do Rio de Janeiro.

Para Oswaldo Baire, a Boards Co e a Rip Curl são muito parecidas. “Nosso foco é o Core Surfing e nunca nos afastamos dos nossos princípios”, ressalta. “A iniciativa de levar o cliente pra surfar é demais. Ela mostra o comprometimento da Rip Curl com o surf, testando os produtos e, concomitantemente, trazendo um know-how maior para que possamos assim, falar com mais propriedade sobre eles”, argumenta Edu, da 900 Graus.

“A estratégia da Rip Curl em valorizar os principais parceiros, chamando para testar a nova roupa de borracha E6 em Chicama, traz a sensação de que realmente é uma empresa com foco no surf e transforma as palavras e o slogan em ação. Fiquei emocionado com o convite. Me fez lembrar do início da Surf Alive, com todas as expectativas e sonhos que tínhamos. Hoje, com este convite, sinto que o sonho inicial do nosso negócio se tornou realidade e estamos no caminho certo, sendo reconhecidos por uma das principais marcas de surf do Mundo”, revela João. “A iniciativa da marca em levar o cliente para surfar faz com que a gente se torne, ainda mais fã da Rip Curl. É o espírito “The Search” batendo forte na alma”, complementa.

Mais do que lojistas, os convidados têm identidade com a Rip Curl e acreditam numa aproximação ainda maior. “Uso as roupas da RipCurl há 18 anos. Acompanhei toda evolução dos materiais desde o Elastomax. Vai ser interessante experimentar o E6 em Chicama”, afirma Pedro, citando a expectativa para o surf. “Esta é a primeira surf trip que faço em três anos e vai ser bom pra dar uma relaxada e trocar ideias”.

“Acabei de chegar da Califórnia e peguei altas ondas com a água muito quente. O Marcio Zouvi, da Sharpeye, fez uma prancha modelos HT2 especialmente para usar no Peru. Peguei altas esquerdas em Trestles. O backside está afiado”, completa Oswaldo.

Veja também

Especial: fotos, vídeos e bastidores da conquista de Medina em Teahupoo

Texto: Fábio Maradei/FMA Notícias
Imagem: Arquivo

+Notícias

Surf perigoso no Havaí com...

Surf perigoso no Havaí? Estamos sentindo cheiro de Mason Ho. Há quem diga que Mase...

Modelo ativista nada nua com...

A Modelo ativista Marisa Papen nada nua com tubarões no Havaí. A cena é bela...

Adriano de Souza sofre lesão...

O campeão mundial Adriano de Souza sofreu uma lesão no joelho e poderá ficar...

WSL divulga calendário dos eventos...

Nesta semana a WSL divulgou o calendário dos eventos do Qualifying Series (QS) e...