Publicidade:


Publicidade:

Lasanha simples e rápida para uma segunda sem carne

A “Segunda Sem Carne” foi um movimento lançado em 2003, relançado em 2009 por Paul McCartney, que chegou em mais de 40 países.

Aqui no Brasil a campanha foi lançada em outubro de 2003 e hoje é considerada a maior do mundo, contando com o apoio de governos, personalidades e empresas.

Veja também:
+ 5 reconhecidos surfistas veganos

+ 7 dicas para surfistas vegetarianos
+ Quanto comer embutidos realmente faz mal?

Nesse sentido, o convite para fazer uma pausa no consumo de qualquer tipo de carne na segunda-feira é uma maneira de iniciar um movimento saudável. Não apenas pelo bem-estar animal e pelo clima – que se tornou óbvio – mas também por nossa própria saúde.

Segunda Sem Carne: os impactos

O primeiro impacto diz respeito ao meio ambiente. Sem dúvida, a produção de carne, e até criação ou pesca de peixes, têm efeito devastador no planeta. De fato, isso requer:

– suprimento considerável de água para alimentar o gado;
– desmatamento para permitir cultivo de alimentos para animais;
– esgotamento da biodiversidade; citando alguns apenas.

A conscientização é outra área na qual a Segunda Sem Carne causa impactos. Por muito tempo, foi dito que os laticínios, bem como a ingestão de carne, são essenciais para a vida humana. Isso é completamente falso.

De fato, o homem é onívoro, ou seja, pode comer de tudo, mas a carne não é vital para ele. As pessoas devem perceber por si mesmas que interromper ou retardar o consumo de carne não é prejudicial à sua saúde. Muito pelo contrário.

Não comer carne para salvar animais

Você tem ideia de quantos animais são mortos todos os anos no mundo? 70 bilhões de animais terrestres, isso sem contar com animais marinhos. Quando falamos apenas do Brasil temos o seguinte dado:

1 segundo = abate de 1 boi, 1 porco e 190 frangos

Isso mesmo, por segundo. Dessa forma, quando você escolhe não comer carne às segundas feiras já é possível reduzir muito o número de animais abatidos.

É possível observar também o impacto da carne na saúde. Afinal, comer muita carne (especialmente de baixa qualidade) aumenta o risco de doenças cardiovasculares, obesidade e diabetes.

Receita para essa segunda sem carne: lasanha simples e rápida ao pesto

lasanha simples e rápida
Uma lasanha simples e rápida de abobrinha ao molho pesto, para uma segunda sem carne.

Para o pesto
300g de manjericão;
1/2 xícara de pinhões ou outra noz da sua preferência;
1 xícara de azeite;
1/2 xícara de parmesão ralado;
Sal e pimenta do reino à gosto.

Para o recheio
1 kg de abobrinhas cortadas em cubos;

5 tomates em cubos;
1 cebola grande em cubos;
Sal e pimenta do reino à gosto.

Para a montagem
450g de massa de lasanha;
2 xícaras de molho de tomate;
340g (3 xícaras) de queijo mozzarella ralado;
100g de queijo parmesão ralado;
Tomates-cereja para decorar.

Pesto
1) Em um processador ou liquidificador, triture o manjericão com os pinhões, sal e pimenta;
2) Adicione o azeite aos poucos;
3) Por último, misture o queijo e reserve o pesto para a montagem.

Recheio
1) Em uma frigideira aquecida com azeite, refogue a cebola até que murche;
2) Acrescente as abobrinhas e refogue;
3) Junte o tomate e cozinhe até que as abobrinhas estejam macias;
4) Desligue o fogo e misture o pesto.

Montagem
1) Em uma assadeira, coloque 1 xícara de molho de tomate e espalhe;
2) Monte as camadas espalhando a massa, o recheio e o queijo;
3) Por cima da última camada de massa, espalhe o molho de tomate restante e o queijo parmesão;
4) Cubra com os tomates-cereja e leve para assar em forno preaquecido à 180 C por 45 minutos;
5) Deixe descansar por no mínimo 5 minutos antes de cortar as fatias.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

CBD nos esportes: efeito comitiva...

Na busca por alívio mais seguro da dor e melhores opções de recuperação atlética,...

2 alimentos vilões da sua...

Quantas vezes você acordou no dia de ondas grandes, passou café, e foi para...

“Parei com carne vermelha e...

O Circuito Mundial de Surf de 2021 começou com muitas mudanças para Gabriel Medina. Como...

Leia as histórias dos surfistas...

Texto Alexandra Iarussi Afinal, o que o CBD pode fazer pelo surfista? Imagine esta cena:...