Publicidade:

Esse tubo foi o melhor da vida de Kyllian Guerin e até Kelly Slater compartilhou

O surfista francês Kyllian Guerin pegou um tubo tão impressionante em Hossegor que, se não tivesse imagem para comprovar, talvez ninguém acreditaria.

Veja também:

Após críticas, Joel Tudor é suspenso pela WSL

+ ASSISTA: Seria esse o tão sonhado recorde de 100 pés em Nazaré?

Kelly Slater detona primeiro-ministro australiano por conta de enchentes

O vídeo da onda foi publicado no Instagram do atleta e a história mais detalhada foi para o Youtube. Apesar de Kyllian falar francês, existe a possibilidade de traduzir para o português e, dessa forma, você pode sentir a emoção e a adrenalina na forma que o surfista conta sobre o dia.

“Eu nunca tinha visto isso em Estagnots [um dos picos de Hossegor] e é também a primeira vez na minha vida em que percebi que poderia me afogar”, começou a dizer no vídeo.

De fato, a manhã do dia 1 de março foi especial para o jovem surfista. O dia começou com um surf em La Nord. No entanto, a previsão indicava que o swell melhoraria para a parte da tarde em Estagnots e Kyllian foi conferir.

Cair ou não cair? Eis a questão

Ao chegar na praia, chegou a hesitar. O lineup completamente deserto, sem nenhuma alma viva e muita força d’água, além de muita corrente. Kauli Vast já tinha quebrado a prancha e contava com a ajuda de um jet.

No entanto, a partir do incentivo dos amigos, Kyllian vestiu o long john e o colete de impacto e foi para a água. As condições estavam extremas e ele tentava enfrentar as espumas de 2,5 a 3 metros de onda.  “Fui puxado pela corrente para a zona de impacto. Eu largava a prancha e era demolido. ‘Se o leash arrebentar, estou aqui sozinho’, pensei”.

Depois de tomar uma infinidade de séries na cabeça, Clement Roseyro apareceu com um jet. “Foi o meu anjo da guarda na sessão para passar para o outside”, conta. Mas, o surfista não quis nenhum auxílio além desse e partiu para pegar as enormes ondas na remada.

Pesadelo antes do pote de ouro

Até alcançar o pote de ouro, Kyllian passou pelo pesadelo. Após 30 a 40 minutos de espera sentado lá fora enquanto sentia as condições, pensou que o momento de glória estava vindo na sua direção “Eu achei que ia ser uma bomba. Comecei a remar e a onda começou a crescer e a crescer. Acabou por fechar e felizmente eu tinha o meu colete, mas fui esmagado”, conta sobre a primeira onda que pegou.

Depois, a máquina de lavar continuava ligada e o surfista foi sacudido na rebentação. “Eu vi o Clement mas ele não conseguia me ajudar porque eu estava na zona de impacto. Fiquei exausto, mas ainda assim ele veio até mim e perguntou se eu queria voltar. Senti que ainda tinha uma onda boa para pegar”.

Errado ele não estava. Ao voltar para o lineup, um triângulo veio na sua direção e Kyllian encontrou o tubo certo. “Quando você está numa onda dessas, sente a energia toda. Me lembro de falar comigo mesmo ‘resiste!’. Inspirei fundo e tentei me acalmar, porque não adianta entrar em pânico, é pior”, aconselha.

A repercussão do tubo da vida

O drop da onda foi incrível e o tubo monumental. Segundo o surfista, nem ele mesmo acreditou no que tinha feito e aquele foi definitivamente o melhor tubo da sua vida. A surpresa também veio por parte da galera que viu o vídeo nas redes sociais. O post contou com mais de 700 comentários.

Entre as tantas pessoas que viram, as imagens chamaram atenção até mesmo do GOAT que escreveu no post “Sinistro, cara. Fez todo mundo querer encontrar um super tubo desses”. Depois, Kelly também compartilhou o vídeo nos seus stories.

Aperte play e assista a história contada por Kyllian Guerin sobre a onda da sua vida:

*para colocar legenda em português, clique na engrenagem no canto direito inferior do vídeo, ‘detalhes’, depois em ‘legendas’, ‘traduzir automaticamente’ e aí é só escolher português.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias