26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024
26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024

Publicidade:

Deivid Silva revela detalhes da prancha mágica que rendeu nota 10 no PASA Games

Mariana Broggi*
Direto do Panamá

Entre os dias 7 e 13 de agosto, o PASA Games 2022 definirá a nação campeã Pan-Americana. Já são quatro dias de competição e o Brasil segue liderando o ranking parcial do evento que acontece nas ondas da Playa Venao, na província de Los Santos, Panamá.

Leia mais:

Sophia Medina: “Às vezes eu até esqueço que só estou há 2 anos como profissional”

PASA Games: Aline Adisaka representa o Brasil em duas modalidades

+ Entenda o que mudou em Praia Venao, palco do PASA Games 2022

O diferencial do Pan-americano de surf é justamente o formato que se assemelha com o sistema olímpico. Os atletas que sobem no pódio recebem medalhas individuais mas, ao fim das disputas, também coroa-se a nação campeã, a partir do resultado dos competidores que a representam. Isto é, diferente do formato tradicional de surf, essa é uma competição em equipe.

Nas disputas do Round 1 masculino de shortboard, que aconteceram na última quarta-feira (10), o Brasil deu show, mas sem dúvidas, o grande destaque do dia foi o paulista Deivid Silva, mais conhecido como DVD.

Deivid Silva prancha
Foto: Hardcore

Na sua primeira bateria do PASA Games, o surfista, natural do Guarujá, surfou muito e alcançou uma nota que valeu 9 pontos. Depois, ele fez ainda mais bonito e somou no seu placar a nota máxima de 10, terminando a bateria com o somatório de 19 pontos, o maior da competição até agora.

“A minha prancha está muito boa pra cá [onda de Praia Venao no Panamá] e eu já venho usando ela há um tempo”, revela.

Atualmente, o surfista, que tem 27 anos, está disputando o Challenger Series. Em busca de retornar à elite por meio de uma das doze vagas que estão em jogo, ele está treinado, motivado e animado para dar o seu melhor nas competições.

Com esse mesmo equipamento, DVD alcançou o importante resultado de 5º lugar na segunda etapa de 2022 do Challenger Series, que aconteceu em Manly Beach, em Sydney (AUS). “É uma prancha que eu já tenho muita confiança”, explica ele.

Foto: Hardcore

O modelo usado por Deivid Silva é a Flat Earth da Slater Designs, uma prancha ideal para marolas. “Essa prancha é da Akila Aipa, é um cara do Havaí que faz, e ela tem meio que um falso wing nas bordas, com uma rabeta round”, explica ele sobre o equipamento.

Para complementar a magia da prancha, DVD usa a quilha T1 da Futures Fin. “Eu uso uma quilha maior, que é como se fosse uma biquilha com um estabilizador no meio”, conta.

Foto: Hardcore

O surfista, que sabe exatamente como são as condições que o equipamento funciona, deu mais detalhes. “Ela anda muito na marola e para diversão é a melhor coisa que tem, mas eu também gosto muito dela para as competições, porque ela é fácil de surfar, solta bastante água e é uma prancha mágica para mar pequeno”, comenta Deivid Silva sobre a prancha.

Nesta sexta-feira (12), o Round 2 masculino vai para a água e DVD entra no Heat 23, a sétima disputa do dia. Além dele, representam o Brasil: João Chianca, que entra no Heat 18, Mateus Senna no Heat 19 e Messias Felix no Heat 22.

Os Jogos PASA Panamá 2022 podem ser vistos ao vivo em www.pasasurf.org e no Pan Am Sports Channel.

*A repórter viajou a convite dos organizadores do evento.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias