23.2 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 18 abril, 2024
23.2 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 18 abril, 2024

Na onda social

Por Fernando Maluf

Enquanto os atletas profissionais esperavam a maré subir para a realização das baterias das oitavas de final do Brasil Surf Pro, quem caiu na água foram as crianças do projeto Rocinha Surf Escola. Em uma das ações sócio-educativas promovidas pela Petrobras durante as etapas do circuito brasileiro, os pequenos surfistas da comunidade da Rocinha fizeram um "intercâmbio social" para a cidade de Búzios, onde puderam experimentar um pouco da sensação de fazer parte do mundo do surf.

Após oficinas de shape, filmagem e mais uma aula de surf, as crianças se dividiram em três times e foram pra água disputar uma bateria no formato tag team. Depois de muitas ondas surfadas, algumas manobras, caldos e muita diversão nas marolinhas, as crianças foram ao pódio receber o troféu de mãos especiais: os campeões nacionais Jean da Silva e Suelen Naraísa, mais o campeão da divisão de acesso, Tomas Hermes, entregaram os prêmios às crianças.

"Bonito! Muito legal", era tudo que conseguia dizer o extasiado Marcos Paulo, morador da Rocinha de apenas 6 anos, quando recebeu em mãos o troféu de Tomas. O surfista profissional não estava menos contente. "Nunca tinha participado diretamente de uma ação dessas. Acho que o surf tem um grande potencial para ajudar essas crianças, tanto profissional como só por esporte", falou o catarinense após a premiação.

"Até meus 15 anos, o mundo pra mim era empinar pipa e soltar balão", conta Ricardo ‘Bocão’ Ramos, também morador da Rocinha. "Conhecer o surf mudou totalmente a minha vida, e hoje é isso que eu tento passar pra eles", continua, empolgado, o organizador do intercâmbio. Além das oficinas, as crianças ainda foram à mata plantar mudas de espécies nativas e participaram de um encontro com professores, surfistas, empresários e nativos para discutir propostas de incentivo à consciência ecológica.

Enquanto tudo isso rolava, o mar não reagiu como esperado e, em reunião com Marcelo Andrade, diretor executivo da ABRASP, os 16 surfistas remanescentes no evento decidiram por não correr nenhuma bateria hoje. O evento será finalizado amanhã, com as condições que aparecerem.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias