WSL abre votação online para determinar qual de seus tops de 2018 foi o favorito do público. Primeira fase já tem Medina x Florence e Italo x Slater

Por Redação HC

A WSL anunciou nesta segunda (4) uma nova competição entre seus surfistas. Enquanto o circuito mundial não começa — anota aí: abertura dia 3 de abril, na Gold Coast –, a liga quer saber quais surfistas (homem e mulher) dentre os que correram o circuito em 2018 são os favoritos do público.

A competição funciona com votação online aberta – basta acessar aqui.

A ideia da brincadeira é colocar frente a frente a popularidade dos surfistas que integraram a elite em 2018. Mas como só havia 32 vagas no formato utilizado, para um total de 34 surfistas (entre os homens), dois tops ficaram de fora, Caio Ibelli e Keanu Asing. Isso porque, apesar de usar a lista de nomes do começo do ano, o ranking utilizado foi o do final.

Veja também: WSL coloca “pacotes vip” para acompanhar o circuito à venda por até 40 mil reais

A manobra culminou com a inclusão na votação de John John Florence — que terminou o ano de 2018 na 35ª posição. Mick Fanning (34º) foi descartado devido a sua aposentadoria, e os australianos Mikey Wright (12º) e Ryan Callinan (31º) por terem participado apenas como convidados.

Como o pareamento é no estilo ranking mais alto vs ranking mais baixo, logo na primeira fase teremos um clássico John John Florence x Gabriel Medina. Se o brasileiro converter todos seus seguidores no Instagram em votos a seu favor, vai ser difícil alguém vencê-lo…

Entre as mulheres, as top 17 viraram 16 surfistas, com o corte da neozelandesa Paige Hareb.

Os vencedores serão premiados na cerimônia de abertura oficial do calendário da WSL, a mesma em que todos os campeões do ano anterior recebem seus prêmios (Gabriel Medina, Steph Gilmore, Mateus Herdy etc etc). Além de um troféu, eles ganharão uma icônica prancha MR Retro, assinada pelo tetracampeão mundial Mark Richards. A festa de gala será dia 31 de março, na Gold Coast. Austrália.