Willian Cardoso preparou-se para o início do Circuito Mundial destruindo algumas direitas perfeitas em uma viagem de alto nível para El Salvador. Assista

Por Redação HC

Willian Cardoso surpreendeu o mundo ao entrar para o CT aos 30 anos (deveria ter entrado antes) e vencer uma etapa logo em seu ano de estreia. Bem, nem todos ficaram surpresos: aqui no Brasil a gente já sabia do seu potencial faz tempo.

Conhecido pelo surf porrada de frontside, Panda venceu, ironicamente, em uma esquerda. Para garantir um equilíbrio em 2019 e distribuir o resultado também pelas direitas do circuito — que são maioria — ele fez uma viagem de pré-temporada para El Salvador, cujo litoral é fértil em réplicas menos crowdeadas de Snapper Rocks.

veja também: Gabriel Medina leva quatro troféus em noite de gala da WSL

Pode até ser que a etapa de abertura do CT não aconteça nesse point break, e sim na praia de Duranbah. Para Willian tanto faz. Se não é por treino ou por trabalho, é por diversão. O Panda destroçou as direitas de El Salvador de um jeito que deve ter água caindo de alguma manobra sua até agora. Assista: