Em pré-temporada, Italo Ferreira vai ao Cabo Verde, encontra boas direitas e esquerdas e destrói tudo que vê pela frente

Por Redação HC

O surf em Cabo Verde pode não ser nenhum segredo. Mas é uma surftrip no mínimo subestimada no cenário internacional. Italo Ferreira resolveu relembrar a todos essa boa possibilidade com uma visita ao arquipélago.

O país tem alguns point breaks amigáveis, comunidade lusófona e com acesso a um relativo conforto sem gastar uma fortuna.

Veja também: Gabriel Medina e Italo Ferreira confirmados no Hang Loose Pro em Noronha

“Na missão em busca de ondas, fui parar na África. Um local muito acolhedor e com um grande potencial…”, escreveu o potiguar em suas redes sociais, há alguns dias. Ele já voltou ao Brasil, mas deixou de lembrança aos seus anfitriões – e a todos nós – um rastro de destruição com patada, rasgada e aéreo pra ninguém botar defeito. Tudo devidamente registrado neste vídeo. Assista!