O australiano Ryan Callinan venceu o EDP Billabong Pro, etapa de 10 mil pontos do QS finalizada neste sábado em Ericeira, Portugal. Com o resultado, Callinan, promessa do surf australiano no início da década, sobe dez posições no ranking do circuito de qualificação, chega à vice-liderança e fica muito próximo de ir à elite e confirmar expectativas de longa data.

Para levar o título, Callinan foi o algoz dos dois últimos brasileiros na competição em Ericeira. Nas quartas de final, derrotou os paulistas Deivid Silva, nas quartas, e Gabriel Medina, na semi. Na final, conseguiu virar sobre o japonês Kanoa Igarashi com uma boa direita a 4 minutos do final da bateria.

Veja também: Medina e Deivid se garante nas quartas de final em Ericeira

As direitas, por sinal, foram constantes em todo o evento, em alguns dias um pouco mais fortes e verticais, em outros, como nos dois últimos, com séries mais esparsas e ondas mais cheias, mas ainda assim uma das melhores ondas de todo o circuito do QS até agora com folga.

Chegar até as quartas de final e terminar na quinta posição significou o segundo melhor resultado do ano para Deivid, que subiu da 11ª para a 6ª posição no ranking. Além dele, Peterson Crisanto, agora em 5º, Jadson André, em 7º, e Alejo Muniz, em 10º, são os brasileiros na lista parcial dos dez classificados à elite em 2019.

Deivid Silva chega na reta final do QS na sexta posição

Kanoa Igarashi, que deve garantir-se pelo próprio CT, é o líder. O mesmo vale para o californiano Griffin Colapinto, atual 3º colocado.

Gabriel Medina, em sua primeira aparição no ano no QS, chega até as semis e começa bem a perna europeia do circuito. Apesar de que, se perguntar para ele, uma derrota para Ryan Callinan deve estar longe de um resultado satisfatório.

Bino Lopes, outro brasileiro bem colocado em Ericeira, não chegou a surfar no último dia, mas sua chegada até as oitavas de final significou um salto de 35 posições no ranking, da 63ª para a 28ª posição.

Confira abaixo os melhores momentos do último dia em Ericeira:

Para ver onda a onda e ver os resultados completos de cada bateria, entre aqui.

Confira a lista parcial dos classificados ao Circuito Mundial em 2019:

1º: Kanoa Igarashi (JPN) – 24.750 pontos e top-22 do CT
2º: Ryan Callinan (AUS) – 19.360
3º: Griffin Colapinto (EUA) – 18.650 e top-22 do CT
4º: Seth Moniz (HAV) – 17.750
5º: Peterson Crisanto (BRA) – 17.600
6º: Deivid Silva (BRA) – 14.450
7º: Jadson André (BRA) – 14.160
8º: Jorgann Couzinet (FRA) – 13.660
9º: Ethan Ewing (AUS) – 12.730
10º: Alejo Muniz (BRA) – 12.710
11º: Leonardo Fioravanti (ITA) – 12.560
12º: Mikey Wright (AUS) – 12.405 e top-22 do CT
13º: Evan Geiselman (EUA) – 12.210

Texto: Redação HC
Imagens: WSL/divulgação