WSL comemora proposta de organizadores dos Jogos Olímpicos Paris 2024 de incluir o surf. Decisão final ainda tem que passar pelo Comitê Olímpico Internacional

Por Redação HC

O comitê organizador dos Jogos Olímpicos de 2024, em Paris, anunciou que pretende incluir novamente o surf entre as modalidades do evento. A decisão oficial ainda passará por uma reunião final entre a organização desta edição dos jogos e o Comitê Olímpico Internacional, sem data para um próximo anúncio – por enquanto.

A proposta foi comemorada pela WSL, que replicou a notícia em seu site com declarações da CEO, Sophie Goldschmidt.

“A proposta de inclusão do surf nos Jogos Olímpicos Paris 2024 é uma notícia muito empolgante”, disse. “Isso ajuda a fortalecer ainda mais o bom momento e o crescimento que o esporte já está presenciando globalmente com a nossa preparação para Tóquio 2020. A WSL está ansiosa para continuar a trabalhar junto à ISA (International Surfing Association) e à organização de Paris 2024 para otimizar esta oportunidade para o surf”, completa a chefe da entidade.


A notícia faz uma tabela — possivelmente ensaiada? — com declarações recentes de Goldschmidt sobre os planos da WSL para o futuro, que incluíam a expansão da tecnologia de ondas artificiais do Surf Ranch para outras cidades mundo afora — Paris entre elas.

A própria Goldschmidt já abriu o jogo, em outras entrevistas, sobre o quanto a WSL estava interessada em que o surf já na edição de Tóquio 2020 dos jogos em uma piscina de ondas com a tecnologia da Kelly Slater Wave Co.

A ideia foi rechaçada alegadamente pela comunidade local, que fez questão de que a disputa ocorresse nos beach breaks do distrito litorâneo de Chiba, vizinho a Tóquio.

Em Paris, a piscina de ondas já surge como ideia mais atraente. As praias mais próximas ficam cerca de 200 quilômetros ao norte da capital, na Normandia, onde as condições para o surf tendem a passar longe do ideal.

Além do surf, a organização propôs a inclusão de outras três modalidades nos Jogos: skate, escalada e… Breakdance — é sério.

Imagem de capa: Sam Strauss / Red Bull Content Pool