Juízes dão o recado após aéreo mais alto do campeonato em Maresias: aproveitem as rampas

Por Fernando Maluf

O paulista Marcos Correa inaugurou a nota dez no Red Nose São Sebastião Pro, etapa de 3 mil pontos do QS, nesta sexta-feira (2), em Maresias (SP).

Em sua bateria do round 3, recém-finalizada, o local de São Vicente acelerou as passadas numa direita limpa e voou muito alto. Fez a rotação completa no ar, usou as costas para se levantar após a aterrissagem e ainda emendou mais duas manobras, a última um tapa na junção – vídeo da manobra em breve.

Veja também: Maresias difícil e viradas emocionantes no 2º dia do Red Nose Pro

“Fiquei boiando no começo da bateria, aí pensei que quando entrasse a onda eu ia tentar decolar, tanto faz se fosse pra direita ou pra esquerda. Vinha treinando bem essas manobras aéreas, estava confiante”, conta o autor da obra. “Veio a direita e aí foi isso”.

Marcos vai para o Havaí depois desse campeonato. Ele está na lista de espera dos eventos de Sunset e Haleiwa, da Tríplice Coroa Havaiana, e ainda torce por uma chance de participar.

A onda gerou expectativa em todo o palanque pois havia sido muito acima de todas as outras surfadas no campeonato até agora. As apostas na sala de imprensa variaram entre nove e pouco e nove e muito.

O dez unânime dos juízes é um recado para os demais surfistas: aproveitem as rampas e apostem nos aéreos.

Na mesma bateria, Eduardo Motta, que vem fazendo em 2018 o primeiro ano de sua carreira no QS, mostrou que entendeu o recado. Manobrou com uma linha bonita em um direita e foi para o ar. Completou o reverse e ainda mandou mais uma manobra. Os juízes subvalorizaram a onda com um 5,60, mas foi o suficiente para o grommet avançar.

Diferente da quinta-feira, quase todos os camisas vermelhas (cabeças de chave) se classificaram nesta sexta na finalização do round 3: Miguel Pupo, Deivid Silva, Bino Lopes, Flavio Nakagima e Yago Dora, todos seguem na briga. A exceção foi Marco Fernandez, eliminado por Marquinhos e Dudu.

O campeonato segue com as primeiras baterias do round quatro na sequência. Fique ligado na cobertura aqui na HARDCORE.

Imagem: Canal Parafina