Ataque ocorreu na praia de Stuart Beach, Flórida. Menino surfava com prancha de isopor quando sentiu algo agarrando seu pé e perna

Por Redação HC

O jovem americano de onze anos Kael Dewey foi atacado por um tubarão na última segunda-feira (11). Ele surfava ao lado de sua mãe Jessica Dewey em uma prancha de isopor quando foi atacado pelo animal.

Kael passava férias com seus pais na praia de Stuart Beach, Flórida. Ele conta que não reparou na presença do tubarão, mas que quando foi mordido, soube de imediato que se tratava de um. “Ele gritou por socorro. Remamos até ele e o levamos para a areia onde alguns salva-vidas aguardavam”, contou Jessica.

Veja também: navio naufraga e ameaça costa francesa com inundação de óleos e ácidos

O menino foi encaminhado para um hospital e recebeu 16 pontos no pé e perna. Apesar do incidente, a família de Kael pretende continuar as férias no local.

Cientistas levantaram a hipótese de que o ataque ocorreu devido ao fluxo migratório de tubarões nessa época do ano, na qual os animais se aproximam de águas quentes para a reprodução.

De acordo com pesquisas da Universidade da Flórida, o número de ataques de tubarão diminuiu em 2018. Foram documentados 66 casos de mordidas em 2018, 22 a menos do que em 2017.  32 dessas ocorrências aconteceram em águas americanas.

Assista agora ao vídeo da NBC no qual Kael e sua família relatam como foi o momento do ataque: