Gabriel Medina confirma presença no Hang Loose Pro, etapa de 6 mil pontos do QS que acontece entre 19 e 24 de fevereiro em Fernando de Noronha

Por Redação HC, com informações de FMA Notícias

A volta do Hang Loose Pro em Fernando de Noronha já seria sozinha uma das melhores novidades de 2019 para o surf brasileiro. Mas não apenas isso: o torneio voltou como etapa de 6 mil pontos do QS, tornando-se uma parada importante do cenário internacional, e assim traz relevância e oportunidades para o surf e o surfista brasileiros.

A certeza de que os holofotes do mundo do surf se voltarão ao Havaí Brasileiro entre 19 e 24 de fevereiro aumentou com a confirmação da presença do atual bicampeão mundial da WSL, Gabriel Medina.

Veja também: O show de Kai Lenny em um dos maiores dias da história em Jaws – assista

“Espero que tenha tubos. Com certeza, vai ser show de surf”, afirma Medina, que competiu nas duas últimas edições do campeonato realizadas em Noronha. Em 2011, ficou em 9º, superado pelo ubatubense Hizunomê Bettero. Em 2012, ficou na 5º posição, eliminado nas quartas em duelo contra Jean da Silva, que seria o vice-campeão da etapa. “Lembro bem da disputa com o Hizu. Ele tirou um dez”, recorda o bicampeão mundial.

Os dois últimos campeões do evento em Noronha, por sinal, estão confirmados: Miguel Pupo e Alejo Muniz, dois brasileiros que buscam o retorno à elite mundial.

Também estão inscritos os tops do CT Italo Ferreira, Yago Dora, Joan Duru e os dois rookies brasileiros da elite, Peterson Crisanto e Deivid Silva. Entre outros nomes de peso: Ian Gouveia, Wiggolly Dantas, Aritz Aranburu, Nat Young, o campeão mundial junior, Mateus Herdy, e por aí vai.

Anota aí: o show de surf está marcado para entre 19 e 24 de fevereiro.

Imagem: Aleko/WSL