Longa registra as viagens do surfista Ben Weiland e outros ao redor dos point breaks mais gélidos do mundo

Por Redação HC

Das margens infestadas de ursos na Rússia, passando pela costa devastada por fortes chuvas das Ilhas Aleutas, Coldwater Journal narra um tipo diferente de viagem de surf. Nada de pores do sol fantásticos, ambiente tropical ou praias paradisíacas: o cenário é o puro gelo. Ambientes inóspitos, mas claro, com muitas ondas.

O diretor do filme, Ben Weiland, pode ser considerado um experiente no gênero: suas produções anteriores Under an Arctic Sky (2017) e The Cradle of Storms (2014) também foram voltadas para viagens semelhantes a de seu filme atual: surfar em locais com temperaturas abaixo de 0 e em condições questionáveis para um humano comum por assim dizer.

Ao longo da produção, alguns entusiastas aderiram ao projeto de Ben: Alex Gray, Dane Gudauskas, Timmy Reyes, Sam Hammer, Cyrus Sutton e Keith Malloy também embarcaram na aventura.

Em entrevista à SURFER, Ben disse que o novo filme não será seu último ato: “para mim, essas viagens não são uma lista de verificação. Há algo profundamente atraente para mim em busca de ondas que ainda não descobri como explicar. O processo em si é o que eu gosto de fazer. Ainda há muitas áreas remotas do mundo para explorar o surfe, e não vejo o desenlace disso em breve.”, ressaltou.

Coldwater Journal já está disponível no Itunes. Seu valor de aluguel (três dias) é de 5 dólares. Para adquirir o filme, são 10 dólares. Confira a seguir o trailer:

VEJA TAMBÉM:
-TOMAS HERMES LANÇA NOVO FILME, “ASPECTO”. ASSISTA
-VÍDEO: MELHORES MOMENTOS DO QS EXTRA-TUBULAR DE ARICA (DIA 2)