No final do ano passado, o espanhol Natxo Gonzalez foi verificar in loco uma onda aparentemente perfeita que ele havia descoberto olhando o Google Earth. Uma direita extremamente rápida e tubular, que quebra sobre um raso banco de areia e corre a perder de vista. Talvez rápida até demais, a onda era melhor nas fotos do que na vida real, e Natxo sofreu para voltar para casa com um tubo longo e completo (o que não quer dizer que não tenho sido divertido surfá-la).

Quase um ano depois, ele retornou a sua onda secreta após monitorar um swell com mais tamanho e direção aparentemente mais perfeita. E levou junto um amigo, o experiente tube riber e ex-top do WCT Aritz Aranburu, que pode dar a dimensão de como é para um regular surfar essa onda.

O vídeo da trip é irado e deixa com vontade de ver a onda ser mais testada: imagine John John Florence, Gabriel Medina, Jeremy Flores e outros dos melhores do mundo nos tubos atrasando os drops e apostando essa corrida com o lip? Fica um exercício para a imaginação – e uma dica para a WSL, talvez?

Enquanto isso, assista à experiência de Natxo e Aritz:

Veja também: Os melhores do mundo se preparam para etapa em piscina de ondas (vídeo)

Texto: Redação HC
Imagem: reprodução/Jon Aspuru


Assine nossa newsletter e receba toda semana os conteúdos mais incríveis da Hardcore