Novembro de 2000. Um casal australiano troca a moradia na Sunshine Coast pela cidade mexicana de Tapachula. Alan e Pamela Skuse não eram hippies, e sim voluntários de uma entidade que cuidava de crianças abandonadas, a maioria no mundo do crime.Depois de seis meses, o casal vivenciou a dura realidade: o fim da organização. Quando isso se deu, não conseguiram abandonar as crianças e resolveram, mesmo sem verba e apoio, abrir o próprio “Albergue, Mision Mexico, dando Amor, Vida y Esperanza”. Hoje, nove anos depois, mais de 200 crianças já fizeram parte da vida dos aussies, estudando e surfando. O esporte entrou na Mision quando um dos voluntários apareceu com uma prancha e, ao ir embora, deixou-a para as crianças. Após um curso de salva vidas, as mais velhas começaram a ir para a praia durante a semana, e não mais somente aos domingos. Anos depois, mais pranchas foram arrecadadas e uma verba foi doada para auxiliar no desenvolvimento do esporte, que vem proporcionando esperança e alegria entre a molecada. http://www.youtube.com/watch?v=x3Jokei2bGM